terça-feira, 27 de setembro de 2022

Homem gritava "vamos ver quem é eleitor de Lula" enquanto esfaqueava vítima

Edmilson Freire da Silva, de 59 anos, foi preso pela Polícia Civil do Ceará nesta segunda-feira, 26, em cumprimento de mandado de prisão preventiva suspeito de matar um homem em um bar no município de Cascavel, por motivação de discussão política no sábado, 24. 

Conforme O POVO apurou, enquanto esfaqueava a vítima, identificada como Antônio Carlos Silva Lima, ele falava "vamos ver quem é eleitor de Lula aqui", informaram testemunhas. Nesta terça-feira, 27, Edmilson deve passar por audiência de custódia.

O homem responde na Justiça por lesão corporal contra a própria companheira no ano de 2020 e chegou a ser preso em flagrante na época. As primeiras informações sobre o crime ocorrido no sábado, 24, são de que a motivação do crime está relacionada a questões políticas.

Cinco pessoas foram ouvidas pela Polícia Civil do Ceará, entre elas, o dono do bar, três clientes e um vizinho. As pessoas afirmaram que Edmilson chegou armado com uma faca ao local e começou a perguntar sobre política, em quem as pessoas iam votar. Carlos confirmou ser eleitor do ex-presidente Lula.

Na versão de Edmilson fornecida à Polícia, ele nega os fatos e diz que a vítima começou a perguntar e a falar sobre política e alega que foi agredido pela vítima e teve que se defender.

Edmilson foi detido por meio de mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado, por motivo torpe, que foi solicitado à Justiça por meio da Delegacia de Cascavel. O responsável por representar pela prisão foi o delegado Josafat Araújo Carneiro Filho. Se condenado, ele pode ter a pena de reclusão de 12 a 30 anos.

Debate para governador do Ceará na TV Verdes Mares ocorre nesta terça-feira (27)


Foto Fabiane de Paula
A TV Verdes Mares promove nesta terça-feira (27) seu debate com os candidatos ao Governo do Ceará. O encontro será mediado pela jornalista Taís Lopes, ao vivo, e vai ao ar após a novela "Pantanal". 

Foram convidados para o debate os candidatos com representação partidária no Congresso Nacional. Capitão Wagner (União Brasil), Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PDT) participam do confronto de ideias.

As perguntas serão feitas entre os próprios candidatos, com o objetivo de enfatizar o aprofundamento do programa de governo de cada um. A ordem em que os políticos farão os questionamentos já foi sorteada.
Regras

Representantes dos partidos políticos se reuniram com a TV Verdes Mares na semana passada e foram apresentados às regras do evento.

Durante o debate, cada candidato terá o direito de fazer uma pergunta e também de responder a uma. Assim, todos perguntam e todos respondem, em todos os blocos.

No total, serão quatro blocos de debate, divididos desta forma:

1º.bloco: Perguntas com tema livre.

2º bloco: Perguntas com tema determinado.

3º bloco: Perguntas com tema livre.

4º bloco: Perguntas com tema determinado e considerações finais.

Para os blocos de temas determinados, foram definidos pela produção 20 temas que estarão em uma urna no estúdio. Apenas seis deles serão sorteados durante a noite, sendo usados uma única vez.

Com informações do Diário do Nordeste.

Gretchen não quer ser associada à Bia Miranda, explica equipe da atriz

Gretchen e a neta
Foto: reprodução/Instagram

A cantora Gretchen não está satisfeita com o comportamento que sua neta, Bia Miranda, vem demonstrando em A Fazenda 14, da Record Tv. 

A assessoria da artista emitiu uma nota, nesta segunda-feira (26), pedindo que público não associe o nome da Rainha do Rebolado com as atitudes da participante do reality.

No comunicado, a assessoria diz que Gretchen “não tem e nunca teve participação ativa na educação e criação de Bia Miranda” e que "não está de acordo com o comportamento e atitudes que a jovem vem apresentando dentro do reality show em TV aberta", diz a nota.

Leia o comunicado na íntegra:

"A assessoria de comunicação e imprensa de Maria Odete de Miranda, Gretchen, informa que a artista não tem e nunca teve participação ativa na educação e criação de Bia Miranda. 

Gretchen não está de acordo com o comportamento e atitudes que a jovem vem apresentando dentro de um reality show atualmente no ar em TV aberta.

Pedimos a gentileza que não associem de forma alguma o comportamento desrespeitoso apresentado pela participante à maneira que Gretchen educou e se relaciona com seus filhos e netos".

Izolda Cela declara voto em Elmano para o Governo do Ceará em propaganda eleitoral; veja discurso

Izolda Cela na propaganda de Elmano de Freitas
Legenda: Izolda Cela na propaganda de Elmano de Freitas
Foto: Reprodução

A governadora do Ceará, Izolda Cela (sem partido), declarou nesta segunda-feira (26) apoio à campanha do petista Elmano de Freitas pelo Governo do Ceará. 

A inserção prevista para a propaganda de rádio e TV foi veiculada também nas redes sociais da ex-pedetista.

"Agora, sigo minha consciência no que considero ser o melhor para o nosso Estado. E o melhor para seguir esse projeto é o Elmano. Conheci o Elmano quando eu era secretária de Educação do Cid e vejo uma trajetória pautada na defesa do povo cearense", disse a governadora. 

A entrada de Izolda na reta final da campanha do PT era especulada há dias e ganhou força com os episódios de ações judiciais e ataques de campanha do ex-aliado Roberto Cláudio, do PDT, também candidato ao Governo.

A governadora deixou o partido em julho, logo após Roberto Cláudio ser escolhido como candidato a governador. Izolda era um dos quatro nomes cotados pelo PDT e ganhou apoio de partidos aliados e de lideranças, como o ex-governador Camilo Santana (PT), principalmente após assumir o Executivo, em abril, com a desincompatibilização de Camilo.

O fato de não poder disputar a reeleição gerou desgastes internos e externos que resultaram na desfiliação da única governadora mulher do PDT e em perdas de apoios, como a de prefeitos que deixaram a legenda em seguida.

Desde o início da campanha oficial, Izolda evitava movimentações eleitorais. Na convenção que oficializou a candidatura de Elmano, Izolda teve encontro com o ex-presidente Lula, candidato a presidente novamente em 2022, mas não participou do ato partidário. Ela também já havia declarado ter sido consultada sobre a escolha de Elmano como candidato do atual grupo governista.

A presença de Izolda na campanha nos últimos dias que antecedem o primeiro turno acontece também após Elmano subir nas pesquisas e assumir a liderança em empate técnico com Capitão Wagner (União Brasil), conforme a terceira rodada da pesquisa Ipec TV Verdes Mares. 

A última pesquisa mostrou também crescimento de Elmano entre os eleitores votantes que avaliam positivamente a gestão de Izolda

A embarque da governadora na disputa eleitoral por sua sucessão é estratégico. 

Os desdobramentos, se positivos, se neutros, se negativos, serão vistos logo em breve.

Moradores do distrito de Solidão, em Acopiara, estão em festa com a futura reconstrução e piçarramento de estrada


Na última quarta-feira, 21, o prefeito Antônio Almeida, a vice-prefeita Dra. Ana Patricia juto com os secretários da infraestrutura, Erik Piancó e da Educação, Robinho Almeida anunciaram o início da reconstrução e piçarramento da estrada que liga Vila Guaribas à sede do município e ainda as reformas das escolas locais.

Um sonho da comunidade que agora se torna realidade por meio da reivindicação coletiva das 13 associações comunitárias do distrito, recebida pela gestão do município.

Os recursos para execução das obras foram conseguidos através de parcerias estaduais.

Representantes das associações falaram da alegria e da gratidão por terem seus pleitos atendidos e reconhecidos como importantes iniciativas para o desenvolvimento do distrito.

O Prefeito e a Vice-Prefeita foram unânimes em destacar o fortalecimento da união dos moradores locais para pleitear obras em benefício comunitário.

"Vocês são exemplos para as demais comunidades acopiarenses, por colocarem os interesses coletivos acima dos pessoais e partidários. E assim que deve ser. A nossa gestão é de todos e para todos e estamos sempre abertos ao diálogo e a escuta", frisou o prefeito em sua fala.

Na ocasião, o gestor também assegurou que em breve dará início a execução da pavimentação de Vila Guaribas.

Também na solenidades foram entregues notebooks para as escolas que ajudará na informatização das unidades escolares.

Suspeito de matar eleitor de Lula a facadas em bar em Cascavel é preso

bolsonarista preso
Legenda: Edmilson Freire da Silva, de 59 anos, afirmou que reagiu a uma agressão e esfaqueou Antônio Carlos.
Foto: Thiago Gadelha

O suspeito de matar a facadas um eleitor do candidato à presidência da República Luiz Inácio Lula da Silva, em um bar em Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foi preso na tarde desta segunda-feira (26). 

O crime, que teve motivação política, de acordo com as investigações, ocorreu no último sábado (24).

Edmílson Freire da Silva, de 59 anos, foi alvo de um mandado de prisão, expedido pela Justiça Estadual e cumprido dentro da Delegacia Municipal de Cascavel, quando o suspeito foi prestar depoimento sobre o crime.

A reportagem apurou, com fontes ligadas à investigação, que o suspeito - que já tinha passagem pela Polícia por lesão corporal dolosa - chegou a um estabelecimento comercial acompanhado de uma mulher e perguntou "Quem é Lula aqui?".

Luva de Pedreiro volta a publicar vídeos nas redes sociais

Imagem mostra homem ajoelhado
Legenda: Luva de Pedreiro volta a postar vídeos nas redes sociais.
Foto: Reprodução

Iran Ferreira, o Luva de Pedreiro, voltou a postar vídeos nas redes sociais. Menos de duas semanas após anunciar aposentadoria, o influencer postou novo conteúdo nesta segunda-feira (26). 

Nas imagens, mais dos famosos gols que fazem sucesso nas redes.

O influencer também fez uma transmissão ao vivo, que teve a participação de mais de 30 mil internautas, e pediu comentários na publicação. O jovem está morando em Recife desde que mudou de empresário. Agora, é agenciado pela empresa de Falcão, ex-jogador. 

Iran apagou todos os vídeos das redes sociais no último dia 13 de setembro. Ele disse que estava cansado da fama e gostaria de voltar para casa. Depois, no dia seguinte, negou que fosse por falta de conteúdo.

O colunista Léo Dias chegou a informar que ele estaria trocando de empresário e seria agenciado pelo senegalês Khaby Lame. Em seguida, Iran fez uma live ao lado de Falcão para negar a situação.

Luva de Pedreiro e Falcão

Em junho deste ano, Luva de Pedreiro passou a ser gerenciado por Falcão, empresário e ídolo do futsal. O jovem passou por conflitos com o ex-empresário Allan Jesus. 

Legenda: Falcão se tornou o novo empresário de Luva de Pedreiro
Foto: reprodução / Instagram

Imagem mostra dois homens de mãos dadas
Legenda: Influencer anunciou pausa da carreira nas redes sociais.
Foto: Divulgação/Luva de Pedreiro

Em setembro, o influencer teve negado o recurso que tentava derrubar a obrigatoriedade de depositar 30% dos rendimentos totais dele, até pagar o montante de R$ 5,2 milhões devidos à Allan.

Urgente: Iguatu confirma primeiro caso de varíola dos macacos


Foto Shutterstock
O secretário de saúde de Iguatu, Fernando Fernandes, confirmou nesta segunda-feira (26), o primeiro caso de varíola dos macacos (Monkeypox), no município.

O secretário afirmou que trata-se de um homem de 44 anos de idade. O paciente reside em Iguatu e retornou há poucos dias de uma viagem ao Estado de São Paulo.

A Coordenadora do setor de Epidemiologia, Dágila Bandeira, também afirmou que a cidade ainda possui um caso suspeito da doença.

Segundo os representantes da Secretaria de Saúde de Iguatu, o paciente apresenta o quadro de saúde estável e está em isolamento. De acordo com o Ministério da Saúde, a monkeypox “é uma doença que exige contato muito próximo e prolongado para transmissão de pessoa a pessoa, não sendo característica a rápida disseminação”. Apesar disso, o vírus tem potencial epidêmico.

Com informações do Site Iguatu.net.

Camilo Santana repudia assassinato de eleitor de Lula no Ceará: "Fruto da intolerância"


Foto Aurélio Alves/ O Povo 
O ex-governador do Ceará, Camilo Santana (PT), comentou sobre a morte de um caseiro em Cascavel após o homem se identificar como eleitor de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no último sábado, 24. Segundo o petista, seria "mais um caso inaceitável de violência, fruto da intolerância". Nas redes sociais, após a repercussão, o candidato ao Senado Federal disse que o País não podia "aceitar como normal esse discurso de ódio".

O candidato mencionou em seu texto a apuração do O POVO sobre o caso. Um homem entrou em um bar localizado em Cascavel, esfaqueou e matou um cliente após a vítima se manifestar como eleitor do candidato Lula (PT).

A Polícia Civil do Ceará investiga o crime. A vítima de 39 anos, Antônio Carlos Silva de Lima, não tinha antecedentes criminais e o suspeito do crime é um homem de 59 anos, com passagens por lesão corporal dolosa. A vítima trabalhava como caseiro de sítios na região e deixa um filho de 10 anos de idade.

Com informações do O Povo.

Motorista de candidata a deputada estadual é morto a tiros durante evento político, no Ceará


O motorista da candidata a deputada estadual Sabrina Veras (MDB) foi morto a tiros durante um evento da campanha política na Rua Professor Leite Gondim, no Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza, no fim da tarde desta última segunda-feira (26).

A equipe da candidata divulgou uma nota de pesar pela morte do colaborador, identificado como Ianário Pereira Souza Rocha.

"A comitiva da candidata emedebista Sabrina Veras foi vítima de um ato de violência no final da tarde desta segunda-feira, durante um evento de campanha. Na ação criminosa, o motorista da equipe. Sr. Ianário Pereira de Souza Rocha, foi brutalmente assassinado", diz um trecho da nota.

Ainda segundo o comunicado, a polícia já iniciou as investigações para apurar a motivação do crime.

"Esperamos que as autoridades realizem ampla e célere investigação e responsabilizem os culpados. Extremamente abaladas, Sabrina Veras e sua equipe estão prestando total apoio à família da vítima, à qual se solidarizam com os mais profundos votos de pesar, assim como a seus amigos e colegas", informou a nota.

Com informações do G1 Ceará.

Pesquisa eleitoral 2022: Lula tem 45% contra 35% de Bolsonaro, diz BTG/FBS

Pesquisa BTG/FBS: Lula oscila para cima e Bolsonaro fica estável (Foto: Diretoria de Arte/Yahoo)
Pesquisa BTG/FBS: Lula oscila para cima e Bolsonaro fica estável (Foto: Diretoria de Arte/Yahoo)

Pesquisa do Instituto FSB, contratada pelo banco BTG Pactual e divulgada nesta segunda-feira (26), mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) liderando a disputa pela Presidência: no primeiro turno, o petista tem 45% das intenções de voto —ele tinha 44% no levantamento anterior —e o presidente Jair Bolsonaro (PL), que busca a reeleição, aparece em segundo lugar, com 35%.

Esse é resultado é da pesquisa estimulada, ou seja, quando os entrevistados recebem uma lista dos candidatos ao Palácio do Planalto.

  • Lula (PT): 45%

  • Jair Bolsonaro (PL): 35%

  • Ciro Gomes (PDT): 7%

  • Simone Tebet (MDB): 4%

  • Soraya Thronicke (União Brasil): 1%

  • Luiz Felipe D'Avila (Novo): 1%

  • José Maria Eymael (DC): 0%

  • Vera Lucia (PSTU): 0%

  • Sofia Manzano (PCB): 0%

  • Leonardo Péricles (UP): 0%

  • Padre Kelmon (PTB): 0%

  • Nenhum/branco/nulo: 4%

  • Não sabe/não respondeu: 2%

O levantamento também mostra as intenções de voto no primeiro turno, mas com respostas espontâneas, ou seja, quando os entrevistados não recebem uma lista de candidatos.

  • Lula (PT): 44%

  • Jair Bolsonaro (PL): 34%

  • Ciro Gomes (PDT): 5%

  • Simone Tebet (MDB): 3%

  • Outros: 2%

  • Branco/Nulo/Nenhum: 5%

  • Não sabe/não respondeu: 7%

Segundo turno

Em um eventual segundo turno com Lula e Bolsonaro na disputa, o petista venceria com 52% dos votos, e o presidente ficaria com 40%.

Se Lula fosse com Ciro Gomes para o segundo turno, ele venceria com 47% dos votos, e o pedetista ficaria com 36%.

Na disputa entre Lula e Simone Tebet, o ex-presidente marcaria 49%, contra 34% da candidata do MDB.

Na disputa entre Ciro e Bolsonaro, o ex=ministro teria 48%, e Bolsonaro 39%.

Já entre Bolsonaro e Tebet, a senadora marcaria 46% e Bolsonaro ficaria 40%.

A pesquisa fez duas mil entrevistas por telefone de 23 a 25 de setembro de 2022. Está registrada no TSE com o número BR-08123/2022. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%.

segunda-feira, 26 de setembro de 2022

1º turno: saiba a ordem de votação, horários e proibições

1º turno - eleições 2022 - urna eletrônica - voto

O 1º turno das eleições gerais deste ano será realizado no próximo domingo, dia 2 de outubro. Na data, cada eleitor deverá votar para cinco diferentes cargos. Além disso, há horário definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em todo o país. Assim como um conjunto de regras do que se pode — e o que não se pode — fazer diante da urna eletrônica.

Ordem de votação do 1º turno

Neste ano, os eleitores irão primeiramente votar para deputado federal, que tem quatro dígitos. Depois, a votação deverá seguir como deputado estadual/distrital (cinco números), senador (três números), governador (dois números) e, por fim, presidente da República (também com dois dígitos).

Em todos os cinco casos, o eleitor deve aguardar aparecer na tela da urna eletrônica a foto e as informações do candidato em questão. Estando tudo correto, basta apertar a tecla verde, de “confirma”. Se for necessário mudar algo, deve-se apertar o “corrige”, em vermelho. Para votar em “branco”, é necessário apertar o botão de mesma cor e, na sequência, confirmar.

Detalhe, para os cargos de deputado federal e estadual (ou distrital, no caso do Distrito Federal), é possível votar na legenda. Ou seja: distribuir o voto para um partido, não para um candidato em específico. Para isso, é necessário apertar os dois primeiros dígitos para a função em questão, aguardar a informação do partido aparecer na tela e, assim, confirmar.

Em resumo, a sequência de votação será a seguinte:

1º turno - cola de votação do TSE

Foto: TSE/divulgação

Horários para ir votar

Para o 1º turno das eleições de 2022, a Justiça Eleitoral resolveu padronizar os horários de votação pelo fuso de Brasília. Dessa forma, de acordo com os relógios do Distrito Federal, os brasileiros terão das 8h às 17h para se dirigirem às suas respectivas zonas e seções eleitorais.

Dessa forma, os eleitores de unidades federativas que têm horários diferentes do de Brasília precisam ficar atentos. Em Mato Grosso, por exemplo, a votação será disponibilizada no horário local das 7h às 16h — isso porque o Estado está uma hora “atrasado” em relação à capital do país.

No Acre e no extremo oeste do Amazonas, pelo horário local a votação estará liberada das 6h às 15h, pois são áreas inseridas no fuso de menos duas horas no comparativo com Brasília. Por fim, o eleitorado do distrito de Fernando de Noronha (PE) poderá votar das 9h às 18h, uma vez que o arquipélago está uma hora à frente da do DF.

Ou seja, o mapa do Brasil para horários de votação deste 1º turno é o seguinte:

fuso horário da votação - eleições 2022

Foto: Wikimedia/reprodução

Proibições na hora do voto

Para este ano, há uma lista de proibições em relação ao dia de votação. No último dia 10, o TSE definiu, por exemplo, que os eleitores não poderão levar o aparelho celular até a cabine de votação. Dessa forma, quem for apresentar o e-Título como documento oficial terá de deixar o celular com o mesário. A mesma restrição vale para outros objetos, como máquinas fotográficas e gravadores.

Conforme ocorrido em outros pleitos, a proibição de propaganda eleitoral no dia da votação está mantida para o 1º turno deste ano. Nesse sentido, tanto candidatos quanto eleitores não podem realizar carreatas, pedir voto por meio de alto-falantes ou distribuir santinhos. Também não é permitida, de acordo com o TSE, a “aglomeração de pessoas com vestuário padronizado, bandeiras, broches, dísticos e adesivos que caracterizem manifestação coletiva — até o término da votação.”

Ao rigor da legislação brasileira, o voto é obrigatório para quem tem entre 18 e 70 anos de idade. Para quem tem mais de 70 ou 16 e 17 anos, o voto é facultativo — assim para quem é analfabeto. E atenção: para votar, é necessário apresentar documento oficial com foto (como RG e CNH).

cabine de votação - tse

Foto: TSE/divulgação

— Punições para quem não votar no 1º turno

Para os grupos em que o voto é obrigatório, é possível, no entanto, justificar eventual ausência como, por exemplo, estar fora de seu domicílio eleitoral. O que pode ser feito no dia mesmo do pleito — no dia 2 de outubro, tendo o 1º turno como base — em algum local de votação ou, posteriormente, em algum cartório eleitoral.

Quem não vota e nem registra justificativa torna-se alvo de punições. A pessoa nessa situação é, por exemplo, impedida de:

  • Inscrever-se em concurso público;
  • Ser empossada em cargo público;
  • Obter carteira de identidade ou passaporte;
  • Renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial;
  • Obter empréstimos em bancos oficiais;
  • Participar de concorrência pública ou administrativa.
1º turno - título eleitoral

Foto: reprodução

Canal Rural nas eleições 2022

Maior plataforma de comunicação do Brasil especializada em agronegócio, o Canal Rural, uma empresa do grupo J&F, conta com página especial sobre as eleições 2022. Para mostrar os anseios de quem movimenta o setor, que é um dos protagonistas da economia do país, e ajudar o eleitorado a entender propostas de candidatos para a área, foi realizada série com entidades, reportagens sobre o tema e entrevistas com postulantes ao governo dos dez Estados que lideram o ranking em valor bruto da produção agropecuária (VBP).

O Canal Rural também deu início à série de entrevistas especiais com presidenciáveis. Foram convidados os quatro candidatos mais bem colocados nos últimos levantamentos de intenção de voto do Datafolha e do Ipec. Ciro Gomes (PDT) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já foram entrevistados. As assessorias de Jair Bolsonaro (PL) e Simone Tebet (MDB) demonstraram interesse e, por ora, estão conciliando agenda para atender ao convite.

Em pronunciamento, Ciro Gomes repete ataques a Lula e Bolsonaro e mantém candidatura: 'não fugirei'

Ciro Gomes em frente à bandeira do Brasil
Legenda: Ciro fez pronunciamento na manhã desta segunda-feira (26) ao lado de apoiadores e manteve candidatura Foto: Reprodução/Facebook Ciro Gomes

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, fez pronunciamento na manhã desta segunda-feira (26) para afirmar que sua candidatura está mantida. Ainda no domingo (25), Ciro convocou uma coletiva de imprensa e anunciou que faria um "manifesto à nação", em meio à pressão pela desistência da sua candidatura. 

Em seu discurso, de cerca de 10 minutos, Ciro voltou a fazer ataques aos adversários Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL), à imprensa e ao processo eleitoral de 2022.

"Por mais jogo sujo que pratiquem, eles não me intimidarão, não fugirei do verdadeiro embate democrático e não compactuarei com essa farsa. Tenho compromisso de vida e de morte, uma luta por um Brasil melhor, e nada me amedrontará ou irá me deter. Minha candidatura está de pé pra defender o Brasil e meu nome continua posto como firme e legítima opção pra livrar nosso país de um presente covarde e de um futuro medrontador", disse Ciro.

 Críticas

O candidato reiterou os ataques a Lula e Bolsonaro, e disse que os também candidatos à Presidência estariam unidos em um "modelo econômico submisso ao mercado financeiro". Disse ainda que "Bolsonaro não existiria se não fosse a grave crise econômica e moral dos governos petistas". 

Ele também mencionou um "rito suicida" de setores da mídia e da "inteligência" de que apenas Lula e Bolsonaro seriam capazes de derrotar um ao outro nas urnas. "Uma mistura de cumplicidade, amnésia e medo, perderam a nitidez dos fatos, das causas, dos efeitos e de suas perigosas consequências", disse ainda.

"Reduziram o debate ao choque vazio e oportunista entre o suposto bem e mal enquanto produzem uma campanha sem proposta e sem projeto da nossa história recente", completou o candidato. 

FONTE D N

Seis mulheres são ‘engolidas’ por buraco após dançarem sobre tampa de fossa; assista

 Felizmente ninguém teve ferimentos graves, com as mulheres sendo socorridas logo em seguida | Foto: Reprodução/Redes sociais

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que seis mulheres são ‘engolidas’ por uma fossa após dançarem sobre a tampa do buraco. 

Nas cenas dramáticas, é possível ver o momento em que as amigas se aproximam e pulam sobre o chão, que se rompe e leva as mulheres à queda.

Elas estavam no que parece ter sido um aniversário, com balões de festa, mesas, e música alta. As cenas mostram outros familiares em desespero ao se depararem com o incidente. Felizmente ninguém teve ferimentos graves. Outro vídeo gravado logo em seguida mostra as mulheres sendo retiradas da fossa, já em tom bem humorado.

Não há informações do município em que o acidente ocorreu. Até o momento, o vídeo já tem certo de 50 mil visualizações. Confira:

 


quinta-feira, 22 de setembro de 2022

Capitão Wagner lidera disputa pelo governo do Ceará com 37%; Elmano Freita tem 28% e Roberto Cláudio 19%


A nova rodada da pesquisa Ipespe para o Governo do Ceará mostra que o candidato da oposição Capitão Wagner (União Brasil) continua na liderança da disputa, com 37% das intenções de voto. Ele é seguido pelo candidato Elmano Freitas (PT), que tem 28%, e aparece pela primeira vez isolado na segunda colocação. Em terceiro está o ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio (PDT), que tem 19%. Os números referem-se à pesquisa estimulada, ou seja, quando o entrevistador oferece opções ao eleitor.

Em relação à pesquisa anterior, divulgada em 13 de setembro, Wagner oscilou um ponto para cima (de 36% para 37%), Elmano cresceu cinco pontos (de 23% para 28%) e RC oscilou três pontos para baixo (de 22% para 19%). Essa é a primeira das quatro pesquisas Ipespe contratadas pelo O POVO na qual Elmano aparece com vantagem real em relação a Roberto Cláudio. Embora no último levantamento o petista estivesse numericamente à frente de RC, eles estavam tecnicamente empatados considerando a margem de erro.

Entre os candidatos que correm por fora na disputa estadual, Chico Malta obteve 1% da preferência, enquanto Zé Batista (PSTU) e Serley Leal (UP) não atingiram 1% das intenções de voto. Eleitores que afirmaram votar em branco, nulo ou em nenhum são 8%, já os que não souberam ou não responderam também somam 8%. O Ipespe informou que os percentuais que não totalizam 100% são decorrentes de arredondamento.

Pesquisa estimulada

Capitão Wagner (União Brasil): 37% (+1)
Elmano Freitas (PT): 28% (+5)
Roberto Cláudio (PDT): 19% (-3)
Chico Malta (PCB): 1% (=)
Zé Batista (PSTU): 0% (-1)
Serley Leal (UP): 0 (-)
Branco / nulo /nenhum: 8% (-2)
Não sabe / não respondeu: 8% (+1)

A pesquisa Ipespe contratada pelo O POVO foi realizada entre 18 e 20 de setembro. Foram ouvidos mil eleitores, a partir de 16 anos, de todas as regiões do Estado via telefone, pelo sistema Cati Ipespe. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95,45%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) sob o protocolo CE-04936/2022 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-05066/2022.

Com informações do O Povo.

Pesquisa Ipec Ceará: veja simulações de 2º turno para o Governo do Ceará

ELEIÇÕES 2022

 Candidatos ao Governo do Ceará

A terceira rodada da pesquisa Ipec Ceará para o Governo do Estado, divulgada nesta quinta-feira (22), voltou a questionar os eleitores cearenses sobre votos em um eventual segundo turno. Ao todo, foram apresentados três cenários com os três candidatos que aparecem à frente na pesquisa: Elmano de Freitas (PT), Capitão Wagner (União Brasil) e Roberto Cláudio (PDT).  

Considerando a margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, há uma mudança de cenário entre os três postulantes.

O levantamento foi encomendado pela TV Verdes Mares e ouviu 1.200 pessoas de 56 municípios entre os últimos dias 19 e 21 de setembro. A pesquisa foi realizada em formato presencial.  A soma dos percentuais pode não totalizar 100% em decorrência de arredondamentos. 

ELMANO DE FREITAS (PT) x CAPITÃO WAGNER (UNIÃO)  

  • Elmano de Freitas: 47%
  • Capitão Wagner: 35%
  • Brancos/Nulos: 11%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 7%

ROBERTO CLÁUDIO (PDT) x CAPITÃO WAGNER (UNIÃO)

  • Roberto Cláudio: 43%
  • Capitão Wagner: 35%
  • Brancos/Nulos: 16%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 6%

ELMANO DE FREITAS (PT) X ROBERTO CLÁUDIO (PDT)  

  • Elmano de Freitas: 40%
  • Roberto Cláudio: 34%
  • Brancos/Nulos: 18%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 8%

O levantamento foi realizado pelo instituto Ipec Inteligência e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número BR-02694/2022 e no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) sob protocolo CE-03914/2022. O nível de confiança estimado é de 95%. 

RODADA ANTERIOR DA PESQUISA IPEC 

Na segunda rodada da pesquisa Ipec para o Governo do Ceará, divulgada no último dia 9 de setembro, os cearenses indicaram suas preferências em cenários de segundo turno. À época, os três postulantes estavam tecnicamente empatados dentro da margem de erro.  

Nos enfrentamentos, no entanto, Capitão Wagner aparecia numericamente à frente dos dois adversários. Já quando Elmano e Roberto Cláudio se enfrentavam, apesar do empate, o pedetista aparecia numericamente  

FONTE DN