sábado, 15 de maio de 2021

Chuvas devem continuar no Ceará neste fim de semana, prevê Funceme

As chuvas devem continuar durante o fim de semana no Ceará principalmente neste sábado (15), de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Para Fortaleza e Região Metropolitana são esperadas chuvas isoladas entre o período da madrugada e manhã, reduzindo pela tarde. A tendência é que o domingo (16), apresente precipitações mais pontuais.

São esperadas precipitações maiores para as regiões da Ibiapaba, Litoral Norte, Sertão Central e Inhamuns durante a madrugada, manhã e tarde. Para o domingo, a Funceme prevê chuvas em todas as macrorregiões, porém, pouco abrangentes e com acumulados menos expressivos quando comparados àqueles observados nos últimos dias.

"O atual cenário se dá pelo enfraquecimento da atuação do Cavado, sistema meteorológico responsável por provocar instabilidades sobre boa parte do Nordeste desde a última quarta-feira (12). A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) segue afastada da costa norte do Ceará e, deste modo, sem influenciar de forma direta nas condições de tempo do estado", explica a Funceme.

Com informações do G1 Ceará.

Prefeito de Quixadá decreta lockdown e proíbe funcionamento de farmácias e supermercados

Numa atitude surpreendente, porque na contramão do que, no mesmo instante, havia decidido o governador Camilo Santana, o prefeito de Quixadá, no Sertão Central do Ceará, Ricardo Silveira, do PSD, decretou na noite de sexta-feira (14), lockdown total.

A decisão valerá a partir do próximo domingo, 16, e vigorará até o domingo seguinte, 23.

A medida proíbe o funcionamento até das atividades essenciais, como o comércio de alimentos (supermercados e padarias) e de medicamentos (farmácias).

Por causa do decreto do prefeito, na cidade de Quixadá farmácias e supermercados de qualquer porte terão de manter suas portas cerradas, só podendo vender por e-commerce, com entregas em domicílio.

Vendas por e-commerce são feitas por meio de cartão de crédito, um instrumento de que dispõe somente uma parte da população municipal.

Esta coluna recebeu telefonemas de comerciantes de Quixadá, revoltados com a decisão do prefeito Ricardo Silveira, que, segundo ele, foi baseada no aumento de registro de casos da Covid-19 não apenas na sede municipal, mas também no seu interior..

Alguns líderes do comércio varejista quixadaense tentaram reverter a decisão do preeito, mas foi em vão: ele manteve o seu decreto.

Com informações do Diário do Nordeste.

Município de Acopiara adere à Campanha Vacinação Solidária


O Prefeito de Acopiara, Antônio Almeida assinou junto a APRECE e APDMCE o termo de adesão à Campanha Vacinação Solidária, de iniciativa da Secretaria Estadual da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, que tem por finalidade a arrecadação de alimentos para serem distribuídos às famílias carentes, visando amenizar os impactos sociais provocados pela pandemia da Covid-19.

Como ação da campanha, o município vai instalar pontos de arrecadação nos locais de Vacinação.

Qualquer cidadão também pode contribuir levando alimentos não perecíveis a estes locais.

Um gesto de solidariedade que pode fazer a diferença neste momento de fragilidade econômica e financeira.

Enem 2021 será realizado entre outubro e novembro, diz ministro da Educação

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse, nesta sexta-feira (14), que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021 será aplicado entre outubro e novembro. O gestor da pasta ainda garantiu que a prova deste ano não será adiada para 2022, como sugeria um documento obtido pelo G1.

O despacho interno do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgado pelo portal na quinta-feira (13), informava que o exame aconteceria nos dias 16 e 23 de janeiro do ano que vem. No entanto, Milton Ribeiro esclareceu que a possibilidade era apenas conversas de bastidores.

"Foi um documento em que se discutia. Está tudo previsto. Tudo indica que lá para outubro, novembro. A data vai ser verificada de acordo com o andamento da pandemia", disse Ribeiro.

As declarações do ministro foram feitas durante a inauguração de Centro de Ensino Infantil na cidade de Blumenau, em Santa Catarina.

Com informações do Diário do Nordeste.

Banabuiú e Quixeramobim entram em lockdown total a partir deste sábado, 15

Os prefeitos de Banabuiú e Quixeramobim, no Sertão Central, respectivamente, Edinho Nobre e Cirilo Pimenta, decidiram decretar lockdown total em seus municípios a partir do sábado, dia 15.

Os dois gestores vão proibir a abertura até de serviços considerados essenciais, como supermercados, agências bancárias, padarias e farmácias. Estes estabelecimentos só poderão funcionar na modalidade delivery.

O esforço é pela contenção da proliferação do coronavírus. Banabuiú confirmou mais dois óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando a 13 mortes. 
 
Quixeramobim confirmou mais um óbito nas últimas 24 horas, chegando a 177 mortes pela Covid-19.

O lockdown total nos dois municípios terá duração inicial de 10 dias.

Governo Federal compra 100 milhões de doses da vacina da Pfizer contra o coronavirus

Vacinação drive thru na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), zona norte do Rio. A cidade do Rio de Janeiro retoma hoje (25) sua campanha de aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 em idosos da população em geral.
Foto Tânia Rêgo/Agência Brasil
O Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira (14), que fechou o contrato para a aquisição de mais 100 milhões de doses da vacina da farmacêutica Pfizer em parceria com a empresa BioNTech. Este novo lote se soma aos 100 milhões de doses que já haviam sido adquiridos pela pasta anteriormente.

Com isso, pelo contrato, as empresas responsáveis pelo imunizante deverão disponibilizar 200 milhões de doses até o fim deste ano. As 100 milhões de doses do contrato anunciado hoje deverão ser entregues entre setembro e novembro deste ano.

O primeiro lote de 100 milhões de doses já começou a ser entregue no mês de abril, em uma remessa de 1 milhão de doses. Conforme o cronograma, está prevista a entrega de outros 2,5 milhões em maio e 12 milhões em junho.

Para o mês de maio, segundo o painel de vacinação contra a covid-19, estão previstos ainda 20,5 milhões de doses da Oxford/AstraZeneca produzida pela Fiocruz, 3,9 milhões da Oxford/AstraZeneca obtida pelo consórcio Covax Facility, cinco milhões da Coronavac e mais 842 mil da Pfizer pelo Covax Facility, totalizando 32,9 milhões de doses.

Com informações da Agência Brasil.

Jornalista que perdeu a filha para a Covid morre com a doença duas semanas depois em MS

Jornalista Márcia Caetano morreu nesta quinta-feira (13) — Foto: Sindjor-MS/Reprodução
Jornalista Márcia Caetano morreu nesta quinta-feira (13) — Foto: Sindjor-MS/Reprodução

A jornalista e assessora de imprensa da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS), Márcia Caetano, de 60 anos, faleceu por complicações da Covid-19 na noite desta quinta-feira (13), em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul.

Márcia morreu duas semanas depois da filha, Isabel Moura, que estava grávida e também não resistiu à doença.

De acordo com o Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul (Sindjor-MS), Márcia, que era de Cuiabá (MT), se mudou para a capital sul-mato-grossense para ficar perto da filha. Há cerca de um mês, ambas contraíram Covid.Isabel (esq.) morreu por complicações da Covid duas semanas antes da mãe, Márcia (dir.), em Campo Grande (MS) — Foto: Redes Sociais/Reprodução

Isabel (esq.) morreu por complicações da Covid duas semanas antes da mãe, Márcia (dir.), em Campo Grande (MS) — Foto: Redes Sociais/Reprodução

As duas precisaram de internação. Isabel morreu no dia 29 de abril. Uma cesariana de emergência foi realizada, o bebê foi salvo e passa bem.

Já a jornalista ficou em estado grave, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e teve os rins comprometidos, não tendo tomado conhecimento da morte da filha e do nascimento do neto. A morte dela foi confirmada na noite desta quinta.

Márcia trabalhou na produção de notícias das emissoras Globo, Record e Band. O Sindjor-MS publicou nota de pesar e ofereceu os sentimentos aos familiares, colegas e amigos. Parlamentares da ALMS também lamentaram a morte da jornalista e prestaram homenagens nas redes sociais.

Bruno Covas tem piora e quadro de saúde é 'irreversível', aponta boletim médico

Bruno Covas (PSDB), prefeito de São Paulo, teve piora e está internado sob o efeito de sedativos e analgésicos, segundo boletim médico divulgado pela Prefeitura. O quadro clínico é considerado irreversível.

Conforme nota divulgada às 19h30 desta sexta-feira (14), o chefe do Executivo paulista está acompanhado de familiares no quarto do Hospital Sírio-Libanês. Covas é pai de Tomás, de 15 anos.

Covas está internado na unidade em São Paulo, desde o último dia 2 de maio. Ele enfrenta um caso de metástase óssea no sistema digestivo, quando o câncer se espalha pelo organismo.

"Ele está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Prof. Dr. Raul Cutait e pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho", diz o boletim médico.

No dia 4 de maio, o prefeito de SP havia recebido alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi encaminhado a um leito semi-intensivo. Ele tratou uma hemorragia identificada no local do tumor original, na passagem do esôfago para o estômago

Com informações do Diário do Nordeste.

sexta-feira, 14 de maio de 2021

Aprovado projeto que estabelece auxílio financeiro para responsáveis por crianças com doenças raras

Foi aprovado nesta quinta-feira (13) na Assembleia Legislativa do Ceará o Projeto de Indicação, de autoria do deputado Queiroz Filho (PDT) e coautoria da deputada Fernanda Pessoa (PSDB), que estabelece auxílio financeiro para mães ou responsáveis por crianças portadores de doenças raras durante a pandemia da Covid-19.

“O requisito para a concessão do benefício é que a mãe ou responsável pela criança ou adolescente com doença rara assista ou preste cuidados básicos e essenciais, como alimentação, higiene e locomoção. Reconhecemos que o Governo do Estado não tem medido esforços para atender os pacientes que precisam de cuidado constante, mas a pandemia tem atingido diretamente também os familiares que tiveram suas rendas afetadas”, explica Queiroz Filho.

A proposta sugere auxílio no valor de R$ 600 mensais enquanto durar o estado de calamidade pública, contemplando portadores da doença enquadrada pelo Poder Público, desde que já não sejam beneficiários de outro auxílio financeiro. Segundo o autor do projeto, as famílias mais afetadas já vivem em condições de isolamento há muito tempo em virtude da vulnerabilidade da doença.

“Muitas dessas doenças não possuem cura, de modo que o tratamento consiste em acompanhamento clínico, fisioterápico, fonoaudiológico, psicoterápico, entre outros. Portanto, é extremamente necessário um auxílio financeiro para que essas pessoas possam ter um maior suporte no tratamento e nos gastos diários”, disse Queiroz.

Por ser um projeto de indicação, ele funciona como sugestão ao Poder Executivo. Caso o Governo do Estado opte por acatar, o mesmo deverá reenviar a mensagem à Assembleia Legislativa em forma de Projeto de Lei.

(*) Com informações da assessoria

Profissionais do setor de eventos recebem 2º parcela do auxílio a partir deste sábado

Cerca de 19.830 profissionais do setor de eventos começam a receber a segunda parcela do auxílio financeiro de R$1.000, divididos em duas parcelas de R$500, a partir do dia 15. O pagamento segue até o dia 31 de maio e o benefício será creditado na conta bancária informada no ato da inscrição.

Entre os profissionais que receberão o auxílio estão aqueles que fazem a arte e a cultura do Ceará. O auxílio contempla dez tipos de profissionais da área de eventos: técnicos, músicos, humoristas, artistas de rua, artistas circenses, ceremonialistas, fotógrafos, cinegrafista, decoradores e recepcionistas. De acordo com o governo, apenas 74 inscritos não foram contemplados por motivos de vínculo com o poder público estadual após cruzamento de dados.

Além do pagamento do auxílio, o Governo do Estado lançou um edital no valor de R$ 4 milhões para eventos corporativos virtuais, voltadas para a produção de feiras, seminários, congressos, simpósios, exposições e congêneres, e garantiu a isenção do IPVA 2021 para veículos registrados em nome de empresas de eventos, e para até um carro que esteja no nome de profissionais autônomos ou microempreendedores individuais formalizados, que atuem comprovadamente no ramo de eventos.

Com cearense Cebolinha, Tite convoca Seleção para Eliminatórias da Copa do Mundo; veja lista

O técnico Tite convocou, nesta sexta-feira (14), a Seleção Brasileira para próximos jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022: contra Equador e Paraguai, respectivamente. A lista registrou 23 atletas, com atuações no futebol nacional e do exterior.

A primeira partida ocorre em 4 de junho, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O duelo seguinte é no dia 8 do mesmo mês, em Assunção, no Paraguai.

A previsão de apresentação do grupo é 27 de maio, para atividades em território brasileiro e definição das titularidades. A tendência é que os listados desfalquem os participantes do Série A nas rodadas iniciais.
Veja a lista de convocados da Seleção Brasileira:
Goleiros

Alisson (Liverpool-ING)

Éderson (Manchester City-ING)

Weverton (Palmeiras)
Laterais direitos

Daniel Alves (São Paulo)

Danilo (Juventus-ITA)
Laterais esquerdos

Alex Sandro (Juventus-ITA)

Renan Lodi (Atlético de Madrid-ESP)
Zagueiros

Militão (Real Madrid-ESP)

Lucas Veríssimo (Benfica-POR)

Marquinhos (Paris Saint-Germain-FRA)

Thiago Silva (Chelsea-ING)
Volantes

Casemiro (Real Madrid-ESP)

Douglas Luiz (Aston Villa-ING)

Fabinho (Liverpool-ING)

Fred (Manchester United-ING)
Meias

Everton Ribeiro (Flamengo)

Lucas Paquetá (Lyton-FRA)
Atacantes

Éverton Cebolinha (Benfica-POR)

Roberto Firmino (Liverpool-ING)

Gabriel Barbosa (Flamengo)

Gabriel Jesus (Manchester City-ING)

Neymar (Paris Saint-Germain-FRA)

Richarlysson (Everton-ING)

Vinicius Junior (Real Madrid-ESP)

Com informações do Diário do Nordeste.

Funceme emite aviso de chuvas intensas em quase todo o Ceará

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) emitiu um aviso nesta sexta-feira (14), sobre a possibilidade de chuvas intensas, com riscos de eventos como raios, inundações, alagamentos e rajadas de ventos no Ceará. O aviso vale até 23h da sexta-feira (14).

Segundo o órgão, a faixa de risco médio atinge toda a Grande Fortaleza, o Maciço de Baturité, todo o litoral cearense, Vale do Jaguaribe, Região da Ibiapaba e parte do Centro-Sul. Para o restante do estado, que engloba Sertão dos Inhamuns e Região do Cariri, o risco é potencial.

A área risco de médio está sujeita à ocorrência de chuvas intensas. Segundo a Funceme, não se descarta a possibilidade de ocorrência de alagamentos, enchentes, inundações ou enxurradas, bem como descargas elétricas e ocasionais rajadas de vento. Há probabilidade de ocorrer chuvas intensas nestas regiões entre 40% a 70%.

Já a área de risco potencial existe a chance de chuvas intensas entre 20% a 40%. Como também haver alagamentos , enchentes e descargas elétricas.

Chuvas em mais de 90 cidades

Na madrugada e início da manhã desta sexta-feira choveu em pelo menos 91 municípios cearenses, conforme os dados da Funceme. A maior chuva aconteceu em:

Aquiraz (Sítio Sapucaia Fagundes) : 61 mm

Mulungu (Mulungu) : 58 mm

Itapiúna (Fazenda Boa Vista) : 57 mm

Itapiúna (Itapiúna) : 54 mm

Quixeramobim (Assentamento Novo Canaã) : 52 mm

Com informações do G1 Ceará.

Sobe para 124 o número de mortes por coronavirus em Acopiara

Mais duas mortes em decorrência do novo coronavírus foi registrada na tarde desta sexta-feira (14), em Acopiara.

2.470 pessoas contraíram a doença. Veja os dados:

Covid-19 em Acopiara

2.470 casos confirmados

2. 297 recuperados

3.7 33 casos descartados

124 mortes

SP: Maiores de 18 anos com comorbidades poderão se vacinar

                                       
 SP: Maiores de 18 anos com comorbidades podem receber doses da 'xepa' da  vacina - A Crítica de Campo Grande Mobile
 A Prefeitura de São Paulo alterou as exigências para aplicação de doses remanescentes que "sobram" durante a vacinação contra a covid-19 e ampliou este grupo. Desde quarta-feira, 12, pessoas com comorbidades a partir de 18 anos foram incluídas nas listas de espera para serem acionadas, caso doses estejam disponíveis.

No início da semana a Prefeitura já havia alterado a idade mínima de 60 anos para pessoas com comorbidades a partir dos 55 anos. A Secretaria Municipal da Saúde alterou novamente a norma técnica após reavaliar a logística durante a vacinação, seguindo as orientações e diretrizes dos planos Nacional e Estadual de imunizações (PNI e PEI). Diariamente são ministradas, em média, de 1,8 mil a 2 mil doses remanescentes nas unidades de Saúde da capital.

Caso haja dose no frasco ao final das atividades do serviço de saúde, são utilizadas as listas de prioridade para receberem a vacina. A ordem é: primeiro profissionais da saúde com mais de 18 anos, morador do território da unidade de saúde e, logo após, pessoas com comorbidades com mais de 18 anos de idade, moradores do território da unidade de saúde.

Cada unidade de saúde deverá possuir essas listas de espera com os usuários elegíveis em cada área de abrangência com telefones para convocação deste público, caso seja necessário.

Para se vacinar, é necessário apresentar documento de identificação (preferencialmente CPF) e comprovante de condição de risco (exames, receitas, relatório ou prescrição médica) contendo o CRM do médico e com data de emissão máxima de dois anos.

AGU pede que STF garanta direito de silêncio a Pazuello na CPI da Covid-19

Foto do ex-ministro da saúde, eduardo pazuello, em coletiva de imprensa
Legenda: A oitiva de Pazuello é uma das mais esperadas na Comissão
Foto: Nelson Almeida/AFP

A Advocacia-Geral da União (AGU) solicitou que o Supremo Tribunal Federal (STF) garanta direito de silêncio a Eduardo Pazuello durante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. Após adiamentos, depoimento do ex-ministro da Saúde está marcado para o dia 19 de maio. 

Órgão pede que a Corte aprove que Pazuello possa ficar calado quando entender que não precisar responder os senadores. Ainda é solicitado que o ex-chefe do Ministério da Saúde não possa ser preso. 

"Há indicativo de haver constrangimentos ao impetrante/paciente, por parte de algum membro da CPI, no sentido de se buscar uma confissão de culpa que seria imprópria e inadequada no Estado Democrático de Direito", pontua pedido da AGU em habeas corpus preventivo.

A equipe jurídica do governo entrou com três pedidos: o direito ao silêncio, para Pazuello não produzir provas contra si mesmo e somente responder às perguntas que se refiram a fatos objetivos, livrando-o "da emissão de juízos de valor ou opiniões pessoais"; o direito de se fazer acompanhar de advogado; e o direito de não sofrer quaisquer ameaças ou constrangimentos físicos ou morais, como a prisão.

Constrangimento

Em uma petição de 25 páginas, a AGU aponta que o receio de Pazuello sofrer constrangimentos pode ser confirmado por conta do depoimento do ex-secretário de Comunicação Social da Presidência Fabio Wajngarten.

Na última quarta-feira, 12, em uma sessão marcada por bate-boca, xingamentos e até ameaça de prisão, Wajngarten admitiu aos senadores que a carta na qual a empresa Pfizer se dispunha a negociar vacinas contra o novo coronavírus foi enviada ao governo Bolsonaro em setembro de 2020 e ficou dois meses sem resposta.

Depoimento de Pazuello 

Em movimento inédito, o ex-ministro passou a ser assessorado pela AGU a pedido do Palácio de Planalto. Equipes preparam Pazuello e coletam documentos que possam ser favoráveis ao governo federal.

Segundo o Estadão, o depoimento de Pazuello é considerado crucial porque, ao deixar o cargo, ele ligou sua demissão a um complô de políticos interessados em verba pública e "pixulé". Para senadores, Pazuello sabe de escândalos que podem comprometer o governo.

Inicialmente, o depoimento estava marcado presencialmente no Plenário do Senado no último dia 5 de maio, mas Pazuello comunicou à CPI que não poderia comparecer por ter entrado em contato com duas pessoas infectadas pela Covid-19.

Senado aprova projeto que reduz tarifa de luz por cinco anos

Energia elétrica
Legenda: O projeto agora segue para a Câmara dos Deputados
Foto: Tuno Vieira

Senadores aprovaram nesta quinta-feira (13), em votação simbólica, um projeto de lei que reduz as tarifas de energia elétrica pelos próximos cinco anos.

O texto, de autoria do senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR), autoriza a União a criar e manter a Conta de Redução Social Temporária de Tarifa (CRSTT) para devolver cerca de R$ 50 bilhões pagos a mais pelos consumidores.

O projeto agora segue para a Câmara dos Deputados.

A redução da conta de luz é uma das prioridades do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Como os reservatórios das hidrelétricas das regiões Sudeste e Centro-Oeste terminam o período de chuvas no menor nível desde 2015, a expectativa é que a seca encareça a conta de luz até o fim do ano. A apoiadores, Bolsonaro afirmou que o problema é sério e vai dar "dor de cabeça".

Motivos para a redução das tarifas

Pela proposta do Senado, a CRSTT receberia o aporte de valores provenientes de tributos cobrados indevidamente pelas empresas distribuidoras de energia elétrica, que serão reembolsados e repassados aos consumidores sob a forma de descontos nas tarifas.

Essas quantias foram cobradas a mais pela incidência de PIS e Cofins sobre as tarifas de energia. Em março de 2017, o STF (Supremo Tribunal Federal) reconheceu a cobrança como indevida e determinou a devolução.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) já anunciou que, em decorrência dessa decisão, estuda como devolver os valores cobrados indevidamente nas contas de luz.

"Considerando o momento de depressão econômica em grande parte provocada pela pandemia, e que a Aneel já cogita reduzir as tarifas no futuro, nada mais justo do que antecipar uma redução das tarifas mediante a compensação de créditos", argumentou o relator, senador Zequinha Marinho (PSC-PA).

Entenda como será a devolução

De acordo com a proposta aprovada, a redução nas faturas dos consumidores deverá ser aplicada, antes de descontados os impostos, sobre o valor da energia consumida e sobre a tarifa pelo uso do sistema de distribuição de energia.

Estimativas da Aneel dão conta que, com a devolução, as concessionárias de energia elétrica poderiam proporcionar uma queda média de 5% no valor das faturas emitidas por cinco anos. Além disso, a agência sinalizou que avalia abater tais valores em aumentos futuros nas tarifas de energia elétrica, que são previstos contratualmente entre os Estados e as concessionárias.

Das nove emendas apresentadas ao projeto, o Marinho acatou apenas uma, que propõe a correção dos valores a serem reembolsados pelos consumidores pela variação do IPCA acumulada no período.

Neste ano, o reajuste tarifário estimado pela Aneel será de cerca de 13%.

Pressão efetivação das medidas

Atento à reeleição, o presidente Bolsonaro tem pressionado as equipes econômica e de energia por medidas para baixar a conta de luz. Em declarações públicas, ele já afirmou que vai "meter o dedo na energia elétrica, que é outro problema também".

Uma das ideias para conter é combinar a devolução dos R$ 50 bilhões pela Aneel com a destinação de R$ 20 bilhões pelo governo para a CDE (Conta de Desenvolvimento Energético) -fundo setorial financiado por consumidores para criar políticas públicas, como redução de tarifas, especialmente para os mais pobres.

Caixa libera hoje saque do auxílio emergencial para nascidos em novembro; veja calendário

Dinheiro em mão
Legenda: A ordem de liberação obedece o mês de nascimento do trabalhador
Foto: Natinho Rodrigues

A Caixa Econômica Federal libera, a partir desta sexta-feira (14), o saque em espécie da primeira parcela do auxílio emergencial 2021 para beneficiários nascidos em novembro, que não estão inscritos no Bolsa Família.

A ordem de liberação obedece o mês de nascimento do trabalhador. A cada dia há novas autorizações para saques em dinheiro, com exceção de sábados e domingos.

O saque da primeira parcela foi antecipado. Antes, a operação só seria possível no dia 4 de maio. A Caixa avalia antecipar também a data de saque das próximas parcelas do auxílio. De acordo com o presidente do banco, Pedro Guimarães, a antecipação vai depender da dinâmica do primeiro pagamento.

Como fazer a operação

A conta digital da Caixa não tem cartão, por isso o beneficiário deve usar o aplicativo Caixa tem para liberar o código de resgate do dinheiro, assim como em 2020. Veja o passo a passo abaixo:

  • Acesse o aplicativo Caixa Tem no seu celular;
  • Selecione a opção "Saque sem Cartão";
  • Clique em "Entrar";
  • Escolha a opção "Saque Auxílio Emergencial";
  • Clique em "Gerar Código para Saque";
  • Digite a senha para acesso ao Caixa Tem;
  • Nesse momento, será gerado um código autorizador para o saque nos caixas eletrônicos e nas casas lotéricas. Anote o número;
  • No caixa eletrônico, digite o código autorizador no campo específico; ou na lotérica, informe o número para o atendente.

Vale lembrar que será preciso informar o código autorizador emitido pelo aplicativo Caixa Tem para fazer o saque. Ele terá validade de 2 horas. Se expirar, pode ser gerado novamente.

Horário das agências 

As agências da Caixa abrem das 8h às 13h, de segunda a sexta-feira. Para sacar o auxílio emergencial não é necessário ir à agência durante o horário do expediente, tendo em vista que o saque pode ser feito no caixa eletrônico. Por isso, é importante que o beneficiário opte por horários alternativos e evite filas.

Transferência para outra conta 

Na mesma data em que o saque é liberado, o beneficiário também poderá transferir o valor para outra conta bancária pelo Caixa Tem, utilizando o TED, DOC ou Pix). A outra conta pode ser de qualquer banco e estar no nome de outra pessoa.

transferência é feita pelo aplicativo Caixa Tem, sem o pagamento de tarifa, e o procedimento é concluído em até 24 horas. 

Novo calendário do auxílio

Calendário de pagamento Auxílio Emergencial 2021 Inscritos via app, site e Cadastro Único.
Nascidos em Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro
1ª parcela 06/abr 09/abr 11/abr 13/abr 15/abr 18/abr 20/abr 22/abr 25/abr 27/abr 29/abr 30/abr
Saque 04/mai 06/mai 10/mai 12/mai 14/mai 18/mai 20/mai 21/mai 25/mai 27/mai 01/jun 04/jun
2ª parcela 16/mai 18/mai 19/mai 20/mai 21/mai 22/mai 23/mai 25/mai 26/mai 27/mai 28/mai 30/mai
Saque 31/mai 01/jun 02/jun 04/jun 08/jun 09/jun 10/jun 11/jun 14/jun 15/jun 16/jun 30/mai
3ª parcela 20/jun 23/jun 25/jun 27/jun 30/jun 04/jul 06/jul 09/jul 11/jul 14/jul 18/jul 21/jul
Saque 13/jul 15/jul 16/jul 20/jul 22/jul 27/jul 29/jul 30/jul 04/ago 06/ago 10/ago 12/ago
4ª parcela 23/jul 25/jul 28/jul 01/ago 03/ago 05/ago 08/ago 11/ago 15/ago 18/ago 20/ago 22/ago
Saque 13/ago 17/ago 19/ago 23/ago 25/ago 27/ago 30/ago 01/set 03/set 06/set 09/set 10/set

FONTE: Caixa Econômica

Calendário do auxílio para público do Bolsa Família

O calendário de pagamentos para os beneficiários do Bolsa Família segue as datas regulares do benefício, a partir do número final do NIS. 

Cuidados para não se contaminar com o novo coronavírus

Não saia de casa sem máscara de proteção

  • Nunca coloque a mão diretamente na máscara;
  • Use os elásticos ou as tiras de amarrar para colocá-la e tirá-la;
  • Certifique-se que a máscara está cobrindo nariz e queixo.

Mantenha distância social

  • Se precisar esperar na fila, procure ficar a mais de um metro e meio das outras pessoas;
  • Dentro das agências, respeite o controle de acesso estipulado pelo banco;
  • Haverá sinalização no chão, determinando a distância adequada entre as pessoas na calçada da agência.

No caixa eletrônico

  • Após usar o caixa eletrônico, higienize as mãos com álcool em gel;
  • Mantenha as mãos longe do rosto.

Quando chegar em casa

  • Limpe o celular, a bolsa e a carteira com álcool 70%;
  • Coloque a roupa do corpo para lavar e tome um banho.

Dicas de segurança na hora do saque 

  • Fique atento ao que acontece ao seu redor para evitar assaltos;
  • Não saque se tiver receio de alguém que está por perto;
  • Não aceite ajuda de outras pessoas, exceto de funcionários da Caixa, identificados com uniforme e crachá;
  • Se o caixa eletrônico parecer violado, não o utilize;
  • Ao sacar o dinheiro, seja discreto e só conte o valor sacado em lugar reservado;
  • Antes de deixar o caixa eletrônico, certifique-se de que a tela não ficou aberta para outros verem os seus dados.

Coronavirus: Ceará tem 90% dos leitos de UTI ocupados e 385 pacientes na espera por internação

O Ceará tem 90,41% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados. Nesta quinta-feira, 13, 385 pessoas aguardam na fila por internação, sendo 211 por uma UTI e 174 por unidade de enfermaria. 

Os dados são da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), atualizada às 17h04min de hoje. Ainda conforme a plataforma indica nesta tarde, o Estado chegou a 18.915 mortes por Covid-19, sendo cinco óbitos só nas últimas 24 horas.

Em 8 de abril deste ano, dias antes do início do processo de reabertura no Estado, a fila de regulação chegou a somar 1.027 solicitações de transferência. 

O Estado tem mantido em torno de 90% das unidades preenchidas meados de fevereiro.

Com informações do O Povo.

Ceará tem chuva em pelo menos 81 cidades e maior precipitação é registrada em Aquiraz, de 61 mm

chuva em Fortaleza
Legenda: Fortaleza amanhece com chuva e tempo nublado nesta sexta-feira (14)
Foto: Reprodução/VC Repórter

Pelo menos 81 municípios do Ceará registraram chuva entre as 7h de quinta-feira (13) e 7h desta sexta-feira (14). Aquiraz, no litoral de Fortaleza, registrou a maior chuva do período - 61 mm. Os dados são do balanço da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), de 8h30. 

A Capital teve acumulado de 32  mm, no posto Água Fria. Também no litoral, Maranguape registrou 45 mm, Pindoretama teve 42 mm. 

Fortaleza tem registrado chuva intensa desde o início da semana, com forte ventania e registros de queda de energia. Na manhã desta sexta-feira (14), uma árvore caiu na Avenida Jovita Feitosa, atrapalhando o trânsito.

Os carros e ônibus tem dificuldades para passar pela avenida, na esquina com a Rua Maria Félix. Até as 8h, a árvore ainda estava no local, atravessando a via. 

árvore caiu e atrapalha tráfego na Avenida Jovita Feitosa
Legenda: Tráfego congestionado após árvore cair na Avenida Jovita Feitosa, em Fortaleza
Foto: Halisson Ferreira

No Maciço de Baturité, a cidade de Mulungu teve chuva de 58 mm e Itapiúna, de 57 mm. Já no Sertão Central e Inhamuns, Quixeramobim teve precipitação de 52 mm. Canindé registrou acumulado de 50 mm.

Previsão 

A Funceme prevê tempo chuvoso para essa sexta-feira (14). O dia deve ter céu nublado ou parcialmente, com eventos de precipitações em todo o Estado. 

Conforme a meteorologista Meiry Sakamoto, até essa sexta, há indicativos de chuvas intensas, sobretudo no Centro-Norte do Ceará. 

Já para esse sábado (15), a expectativa é de nebulosidade variável, com chuva isolada em todas as regiões. “Isso indica tendência de ligeira redução nas áreas que devem receber precipitações no Estado”, apontou. 

Maiores chuvas registradas em 24 horas:

  • Aquiraz (Posto: Sitio Sapucaia Fagundes) : 61.0 mm
  • Mulungu (Posto: Mulungu) : 58.0 mm
  • Itapiúna (Posto: Fazenda Boa Vista) : 57.0 mm
  • Itapiúna (Posto: Itapiuna) : 54.0 mm
  • Quixeramobim (Posto: Assentamento Novo Canaa) : 52.0 mm
  • Canindé (Posto: Baixa Fria) : 50.0 mm
  • Maranguape (Posto: Olho Dagua) : 45.0 mm
  • Pindoretama (Posto: Pindoretama) : 42.0 mm
  • Morrinhos (Posto: Morrinhos) : 41.0 mm
  • Redenção (Posto: Redencao) : 36.0 mm

Morre Felinto Filho, gerente da loja Zenir Móveis de Acopiara, vitima do coronavirus


          Filinto Filho não resistiu e é mais uma vítima da Covid-19.

Felinto Filho que durante muitos anos gerenciou a filial da rede de lojas (extinta Matias) e atual Zenir Móveis e Eletros em Tauá, fez uma legião de amigos e amigas neste município. Por último gerenciava a Zenir de Acopiara.

O mesmo foi acometido a menos de um mês pelo coronavírus, esteve na UTI em Barbalha por cerca de 15 dias e não resistiu.

Há pouco menos de um mês, Felinto já havia perdido a mãe.

Felinto tinha 53 anos e deixa o filho Vinícius. 

Condolências a família!

Após divulgação de herança, suposto pai biológico de filha de Aguinaldo Timóteo reaparece

Após herdar 50% da herança deixada pelo cantor Agnaldo Timóteo, que faleceu aos 84 anos por complicações da Covid-19, sua filha adotiva, Keyty Evelyn, recebeu contato do suposto pai biológico. As informações são do jornal Extra.

O homem, um nigeriano residente em São Paulo, não via a menina há anos e tentou se reaproximar dela após a morte do cantor. Keyty foi criada pelo artista desde os 2 anos.

A menina de 14 anos herdou metade de uma fortuna avaliada em R$ 16 milhões. Os outros 50% serão divididos entre quatro familiares.

A menina está sob tutela do advogado de Agnaldo, Sidney Lobo Pedroso, conforme vontade manifestada pelo artista no testamento que deixou pronto um mês antes de morrer. Ele também é inventariante dos bens.

Uma das cláusulas do documento determina que Keyty só poderá se desfazer de qualquer bem deixado para ela quando completar 40 anos.

Entre os bens deixados pelo cantor estão a casa onde ele e a filha viviam, na Barra da Tijuca; um apartamento em Vila Valqueire; um imóvel em São Paulo; uma sala comercial em Copacabana, além de alguns carros e direitos autorais.

Processo de Adoção

A adoção da menina não foi formalizada antes da morte do músico. Agora, ainda segundo o jornal Extra, os irmãos de Timóteo desejam pedir a anulação do testamento.

No ano passado, o cantor sofreu um AVC e passou dois meses internado em um hospital. Na época, ele deu início ao processo de adoção da menina com um advogado, que foi encaminhado em janeiro deste ano.

Uma das irmãs de Agnaldo Timóteo, Ruthinete, teria apresentado uma carta informando que o cantor estava desorientado ainda em vida. Ao pedir que fosse nomeada como inventariante, ela recebeu uma negativa da Justiça.

Atualmente, a filha do artista vive em São Paulo na companhia da avó materna. Segundo amigos próximos de Timóteo, Ruthinete já teria proferido frases que demonstram a indiferença em relação à menina.

Enquanto isso, Sidney Lobo Pedroso explicou a situação ao jornal Extra. "Como inventariante, só quero que a vontade de Agnaldo seja respeitada, me colocando como tutor da menina, para que eu cuidasse dela até os 18 anos", relatou.

Com informações do Diário do Nordeste.

Três em cada 10 internações no Ceará são por coronavirus; 386 pacientes aguardam leitos no Estado

Na semana passada, em cada dez internações hospitalares no Ceará, três eram de pacientes com Covid-19. Nesse período, foram registradas, no total, 8,5 mil internações, sendo 2,6 mil (30,5%) em decorrência da doença, conforme o Integrasus, da Secretaria da Saúde (Sesa), no período entre 2 e 8 de maio.

No início deste ano, na semana epidemiológica correspondente ao período entre 3 e 9 de janeiro, em cada 100 hospitalizações por causas diversas, seis eram de pacientes infectados pelo novo coronavírus. A proporção de internações de pacientes com a doença cresceu gradualmente no decorrer das semanas seguintes até chegar ao patamar atual.

Cenário

A semana epidemiológica 15, do dia 11 ao dia 17 de abril, foi a que, neste ano, teve o maior número de pessoas internadas por motivos diversos no Ceará. Foram 9.057 pacientes no total. Já a semana 12, de 21 a 27 de março, foi a que registrou a maior proporção de internados com Covid-19, representando 33,61% do número total de internações no Estado.

Conforme mostrado pelo Diário do Nordeste, apesar de representar mais de 30% das internações, o número de hospitalizações provocadas pela Covid-19 tem diminuído há pelo menos 27 dias. De 12 de abril a 9 de maio, referente às semanas epidemiológicas 15 a 18, a quantidade de pacientes internados com a infecção caiu de 3.038 para 2.631.

Embora ainda altos, os números de internações devem ser analisados cautelosamente porque o tempo de permanência hospitalar dos pacientes aumentou na segunda onda da pandemia, segundo o chefe de emergência do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e diretor da OTOclínica, Kalil Feitosa. “Hoje a gente ainda tem pacientes que foram internados no início de abril. Isso faz com que permaneçam números elevados de internação”, explica o médico.

Leitos

De acordo com o Governo do Ceará, durante toda a pandemia, foram abertas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) exclusivas para tratar a Covid-19 em todas as regiões do Estado. A rede tem, atualmente, pelo menos 5,1 mil leitos exclusivos, sendo 3,8 mil de enfermaria e 1,3 mil de UTI.

Contudo, hoje, ainda 386 pacientes aguardam transferência para hospitais. Desse total, 215 estão na fila por vaga em UTI e 171 em enfermaria. 139 desses pacientes esperam em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).
Cirurgias eletivas

Devido ao cenário atual de transmissibilidade alta do vírus e hospitais abarrotados de infectados, Kalil não acha que as internações para cirurgias eletivas devem ser retomadas logo. No entanto, ele entende que postergar esses procedimentos é desafiador para o sistema de saúde.

Gera uma dificuldade grande porque as outras doenças continuam a existir. Doenças graves: AVC, infarto, apendicite, cálculo, doenças vasculares crônicas. É desafiador manter a assistência num nível seguro”.

Kalil Feitosa

Chefe de emergência do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e diretor da OTOclínica

Com a garantia da permanência das estruturas montadas para atender exclusivamente pacientes com Covid-19, Kalil acredita que, no futuro, devem ser feitos mutirões para diminuir as filas das cirurgias eletivas.

Com informações do Diário do Nordeste.