segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Haddad disse após o primeiro turno que vai fazer Lula ser presidente do Brasil? É fake

Renato S. Cerqueira/Futura Press
Circula nas redes sociais um vídeo em que o candidato à Presidência pelo PT Fernando Haddad diz que “vai fazer do Lula presidente e subir a rampa com ele dia 1º de janeiro”.

O vídeo é verdadeiro, porém, está fora de contexto porque não foi gravado agora, e sim no dia 6 de agosto de 2018, logo após o PT definir a coligação O Povo Feliz de Novo. Haddad foi anunciado vice da chapa e plano B do partido, assumindo o posto de presidenciável após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferir a candidatura do ex-presidente, no dia 31 de agosto.

No Twitter, um trecho menor do vídeo circula com a legenda: “Olha o que o Haddad falou hoje ao sair da PF de Curitiba! Promessa de campanha: o Lula subir a rampa com ele em 01.01.19! Isso é uma afronta aos brasileiros de bem”. Ou seja, quem o compartilha dá a entender que o vídeo foi gravado no dia 8 de outubro, um dia após o primeiro turno da eleição.

No trecho do vídeo encurtado, Haddad diz: “Campanha, fazer do Lula nosso presidente, subir a rampa com ele no dia 1º de janeiro. Fazer o país resgatar sua dignidade, sua esperança, seus sonhos há tão pouco abandonados e que vão ser resgatados por essa grande liderança que é o presidente Lula. A gente está muito feliz de estar reunido em torno dele, todos os progressistas do país querendo que ele volte a nos governar a todos, a nos liderar a todos. Se Deus quiser a justiça vai ser feita e ele vai estar entre nós. Um abraço pra vocês”.

O vídeo é uma cópia parcial do vídeo mais longo que foi publicado no perfil de Lula no Facebook. Na íntegra, o vídeo original se inicia com o ex-ministro dando detalhes dos preparativos do partido para registrar a candidatura de Lula junto ao TSE.

“Acabamos de montar as coligações em torno da candidatura do Lula. Já temos Pros e PCdoB conosco, PCO apoiando e chapa montada, vai a registro amanhã. Aí nós vamos dia 15 levar para o TSE e eu tenho certeza de que o povo brasileiro está cada vez mais engajado nesta campanha, fazer do Lula nosso presidente, subir a rampa com ele no dia 1º de janeiro. Fazer o pais resgatar sua dignidade, sua esperança, seus sonhos há tão pouco abandonados e que vão ser resgatados por essa grande liderança que é o presidente Lula. A gente está muito feliz de estar reunido em torno dele, todos os progressistas do país querendo que ele volte a nos governar a todos, a nos liderar a todos. Se Deus quiser a justiça vai ser feita e ele vai estar entre nós. Um abraço pra vocês”.

OVNIs são avistados no norte do Chile por ao menos 6 pilotos de voos comerciais

Pelo menos seis aviões comerciais — cinco deles da Latam Chile e um da Copa Airlines — comunicaram ao Comitê de Estudos de Fenômenos Aéreos Anômalos (CEFAA) o avistamento de objetos voadores não identificados no norte do Chile. O fenômeno ocorreu na madrugada de 7 de maio, a cerca de 1.350 quilômetros ao norte de Santiago, próximo à cidade de Antofagasta. Entretanto, só agora foi disponibilizado um vídeo no YouTube que mostra o diálogo dos pilotos das aeronaves com o controlador de voo.

No vídeo, é possível escutar o piloto do voo Copa 174 informar que na altura do posto de controle aéreo Livor, a 380 quilômetros do litoral de Antofagasta, era possível visualizar três luzes. "Não sabemos o que é", diz ele, pouco antes de informar que uma das luzes desapareceu.

Em seguida, o piloto do voo Latam 639 entra em contato com a torre de controle e declara que também está vendo as luzes "aparentemente, sobre o mar". O piloto do Latam 2473 responde que também está vendo as luzes e então o voo Latam 79 também informa que uma luz no nível do mar pode ser vista intensificando seu brilho e então desaparecendo.

Nesse momento, o primeiro piloto informa que consegue ver três luzes à esquerda da aeronave: "As luzes estão se movimentando e aumentam de intensidade e diminuem, também. Vamos virar à direita porque parece que estão se aproximando", diz o piloto do voo Copa 174.

O voo Latam 501 também confirma que avistou os OVNIs e o Copa 174 volta a falar: "Que fenômeno estranho! Agora, temos três luzes em forma de triângulo". Após isso, o piloto do voo Latam 577 situou as luzes a 60 milhas, ou 96 quilômetros, de Livor.

O Chile é um dos países que mais documenta objetos voadores não identificados em seu território aéreo, ao lado de Estados Unidos, Peru, Rússia e Brasil. Nos últimos 65 anos, mais de 600 relatos foram registrados.

Os diálogos entre os pilotos e controladores de voo podem ser ouvidos no vídeo abaixo, após o 4º minuto, com legendas e áudio em espanhol:

Alteração no período de horário de verão pode gerar transtornos aos sistemas


Segundo o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), alterações nas regras de começo e fim do horário de verão podem causar transtornos nos sistemas informatizados e prejudicar o funcionamento dos computadores e da Internet. Até mesmo as investigações de problemas técnicos e de cibercrimes podem ser impactadas, segundo a organização. "Algoritmos criptográficos e sistemas de registro de logs são exemplos de componentes sensíveis a erros em ocasiões de mudança no fuso horário local, como os que podem ser causados pela alteração da entrada ou saída do horário de verão", diz a entidade.

O gerente responsável pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Tecnologia de Redes e Operações (Ceptro.br) do NIC.br, Antônio Moreiras, alerta para transtornos que podem ocorrer: "O tempo, para as Tecnologias de Informação e Comunicação, é algo muito sério. Normalmente tudo é sincronizado automaticamente, fazendo com que poucos técnicos se lembrem dele. Se houver mudança imprevista, ou de curto prazo, podem dar-se conta dela na última hora, com consequências bastante ruins".

O horário de verão, normalmente, não é um problema para os computadores: basta que as informações sobre os períodos e datas sejam corretamente inseridos nos programas e sistemas e tudo ocorrerá bem. Há uma década, quando as regras eram definidas localmente, a comunidade técnica enfrentava diversos transtornos nesta época do ano, fazendo com que atualizações manuais fossem necessárias. Em 2008, entretanto, foram criadas regras fixas pelo Decreto Presidencial nº 6.558/2008, usadas com sucesso pelos últimos nove anos. Isso fez com que a comunidade técnica deixasse as preocupações de lado, visto que as mudanças já não eram mais um imprevisto.

Entretanto, em 15 de dezembro de 2017, a Justiça Eleitoral alterou, por meio do Decreto 9.242/2017, as regras em seu Artigo 1º, que diz: "Fica instituída a hora de verão, a partir de zero hora do primeiro domingo do mês de novembro de cada ano, até zero hora do terceiro domingo do mês de fevereiro do ano subsequente, em parte do território nacional, adiantada em sessenta minutos em relação à hora legal".

Embora a alteração tenha sido revelada com bastante tempo de antecedência, não há garantias de que os sistemas tenham sido atualizados de acordo com a alteração, o que pode acarretar em transtornos. "O Comitê Gestor da Internet no Brasil, em sua resolução 9 de 2008, reconhece a importância da correta sincronização dos computadores e outros equipamentos interligados à Internet, recomendando o uso do NTP.br e alertando para a necessidade de estabelecer procedimentos para o ajuste ao horário de verão", defendeu Demi Getschko, diretor presidente do NIC.br.

Fonte: Canaltech

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Horário eleitoral gratuito do segundo turno começa na sexta-feira (12)

As emissoras de rádio e TV devem ficar atentas à veiculação da propaganda eleitoral gratuita que começa nesta sexta-feira (12) e vai até o dia 26 de outubro.

Nos estados onde ocorrerá segundo turno para governador, os programas em blocos terão duração total de 40 minutos por dia, divididos em 2 blocos de 10 minutos para o cargo de presidente e 2 blocos de 10 minutos para o cargo de governador. 

Já nos estados onde os governadores estão definidos, somente serão veiculados os programas em blocos para o cargo de presidente da República, com duração de 10 minutos por bloco, totalizando 20 minutos por dia.

No rádio, os horários reservados para os candidatos à presidência da República são: das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10, de segunda a sábado. Já para os candidatos aos governos estaduais, os horários são: das 7h10 às 7h20 e das 12h10 às 12h20, de segunda a sábado.

Na televisão, os horários reservados para os candidatos à presidência da República são: das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40, de segunda a sábado. Já para os candidatos aos governos estaduais os horários são: das 13h10 às 13h20 e das 20h40 às 20h50, de segunda a sábado.

A veiculação da propaganda eleitoral deverá respeitar o horário de Brasília.

Com relação às inserções, o tempo de veiculação também será diferente no segundo turno. As emissoras de rádio e TV deverão veicular 25 minutos diários para o cargo de presidente. Nos estados onde ocorrerá segundo turno para o governo estadual, deverão ser veiculados mais 25 minutos de inserções para governador. 

As inserções deverão ser de 30 ou 60 segundos, veiculadas todos os dias da semana, entre 5h e 24h.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e os tribunais regionais eleitorais dos estados deverão divulgar novo plano de mídia para o segundo turno. 

Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão – ABERT

Alckmin interrompe Doria e insinua que ele é traidor e covarde

Geraldo Alckmin vota em São Paulo ao lado da família
O clima é de acerto de contas no PSDB. A cúpula tucana está reunida em Brasília e faz um balanço do fracasso do partido na eleição presidencial em que Geraldo Alckmin amargou o quarto lugar.   Em uma reunião tensa —que teve um áudio vazado e disponibilizado pelo jornal “Estado de S.Paulo”—, Alckmin chama Doria de “temerosa” e insinua que o ex-prefeito o traiu. 

Na ocasião, Doria cobrava mais recursos financeiros do partido para ajudar na campanha dos candidatos a governos estaduais que passaram para o segundo turno. Em meio as reinvindicações de Doria, Alckmin interrompe o a fala do prefeito para dizer: “traidor eu não sou”. Uma outra voz não identificada insinua ainda que Doria é falso. 

Acuado, Doria pede calma e pede respeito a tucanos presentes que integraram o governo Temer. “Temos que ter calma e discernimento. Essa sempre foi a marca do PSDB”. O ex-prefeito ainda defendeu apoio a chapa de Jair Bolsonaro, mas acabou perdendo o debate. No começo da noite desta terça-feira, a cúpula tucana anunciou neutralidade.

CBF altera data de jogo que pode selar o acesso do Fortaleza para a Série A

Perto de conquistar o acesso, Fortaleza deve ter casa cheia em seus próximos jogos na Série B. Foto: Mateus Dantas/O POVO


A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou em seu site oficial nesta terça-feira (9) um ofício com ajustes na tabela da Série B do Campeonato Brasileiro, alterando a data de um dos próximos jogos do Fortaleza. O duelo contra a Ponte Preta, válido pela 33ª rodada, passou do dia 23 para o dia 26 de outubro, saindo de uma terça-feira para uma sexta-feira, as 20h30min. O local do jogo segue o mesmo, a Arena Castelão, na capital cearense. 

Há uma expectativa de que, ao término dessa rodada, o Fortaleza possa comemorar, de forma matemática, o seu acesso para a elite do Brasileirão. Para isso, precisará abrir 16 pontos para o 5° colocado do Campeonato - uma vez que só restariam mais 15 pontos em disputa no restante do Campeonato. Atualmente, a vantagem do Leão para o primeiro time fora do G-4 é de 11 pontos.

Antes de enfrentar a Ponte, o Tricolor ainda entra em campo outras duas vezes, podendo alargar a vantagem. No sábado que vem, dia 13, enfrenta o Oeste, fora de casa, em Barueri. No dia 20, encara o Paysandu, na Arena Castelão. Se vencer essas duas partidas e o confronto contra a Ponte, o Fortaleza chega a marca de 65 pontos, atingindo uma pontuação que, segundo o site de estatísticas Chance de Gol, dá 99,9% de certeza quanto ao acesso, levando em conta o panorama atual da disputa.

Com empate do Vasco, Ceará volta para a zona de rebaixamento, mas tem um jogo a menos

Técnico Lisca terá elenco descansado para buscar triunfo no próximo jogo e sair da zona (Foto: Mateus Dantas/O POVO)
Sem entrar em campo na 28ª rodada da Série A, o Ceará acabou voltando para a zona de rebaixamento após o Vasco empatar com o Botafogo, ontem, no Engenhão, por 1 a 1. Entretanto, vale ressaltar que o Alvinegro do Porangabuçu tem um jogo a menos do que os adversários diretos na parte debaixo da tabela e pode sair do Z4 no próximo confronto.

A equipe teve seu duelo contra o Cruzeiro, válido pela 28ª rodada, adiado para 24 de outubro. Portanto, o Alvinegro, que iniciou este ciclo de jogos na 15ª posição com 30 pontos, corria o risco de voltar para a zona, caso dois de três adversários diretos - Chapecoense, Vitória e Vasco - conquistassem resultados positivos. A combinação acabou se concretizando.

O Verdão de Chapecó já havia vencido o Atlético-MG no sábado e ultrapassado o Ceará, que descia uma posição. Por outro lado, o Vitória tinha sido derrotado pelo Santos, na sexta. Desta forma, o Vovô torcia por um tropeço do Cruzmaltino para seguir fora da zona. Com o empate, o Vasco somou um ponto, foi a 31 e empurrou os cearenses para a degola.

Apesar do retorno ao Z4, o Alvinegro tem situação favorável para sair na 29ª rodada, na próxima segunda-feira. Com o apoio do torcedor, o time enfrenta o Botafogo no Castelão. Uma vitória em casa pode levar a equipe até a 13ª posição.

Para buscar o triunfo, o técnico Lisca terá força máxima e contará com um elenco descansado. Devido ao adiamento da partida contra os mineiros, o clube ficará ao todo 15 dias sem um jogo oficial. A pausa tem servido para recuperar atletas e prepará-los para a reta final do Brasileirão.

Bolsonaro lamenta agressões, mas diz não controlar apoiadores

Fátima Meira/Futura Press
Após relatos de agressões provocadas por seus apoiadores, o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse lamentar os episódios, mas não ter controle diante da situação.

"Será que a pergunta não tem que ser invertida não? Quem levou a facada fui eu. É um cara lá que tem uma camisa minha, comete um excesso, o que eu tenho a ver com isso? Eu lamento, peço que o pessoal não pratique isso, mas eu não tenho o controle", afirmou ao ser questionado sobre atos de violência cometidos em seu nome.

A declaração do deputado federal ocorre dias depois de episódios de agressão de seus apoiadores terem sido registrados pelo país, como agressões a uma jornalista no Recife e a morte a facadas de um mestre capoeirista na Bahia, na madrugada de segunda-feira (8).

Romualdo Rosário da Costa, 63, foi morto a facadas após uma discussão política. Ele estava em um bar no bairro do Engenho Velho da Federação, periferia de Salvador, quando discutiu com outro homem sobre a eleição presidencial.

O capoeirista defendeu o voto em Fernando Haddad (PT) enquanto o agressor, aos gritos, defendia o apoio a Jair Bolsonaro (PSL) -ambos disputarão o segundo turno. A discussão terminou com Katendê sendo atingido por 12 golpes de faca. Ele morreu no local.

Bolsonaro reconheceu a polarização da disputa presidencial, mas disse que o clima não está muito bélico.

"Não ta tão bélico assim não. Está acirrada essa disputa, mas é só um caso isolado, a gente lamenta", acrescentou.

Ao deixar a casa de um de seus aliados, o empresário Paulo Marinho, onde gravou programas de televisão nesta terça (8), Bolsonaro falou sobre apoio político.

"Vários [autoridades] me ligaram, mas me permitam aqui a reserva. Com presidenciáveis eu já conversei já com dois, mas não é o caso de falar aqui porque foi uma conversa reservada. Quase todos graças à minha humildade, meus propósitos de servir à Pátria", afirmou.

Ele disse ainda que aguarda posicionamento do DEM, legenda que estava na base de Geraldo Alckmin (PSDB), sobre apoio à sua candidatura no segundo turno.

"Eu tive um informe agora, que não é informação, de que o DEM teria declarado apoio para mim. Eu estou aguardando ser oficializado", afirmou.
O deputado federal disse ainda que independentemente dos posicionamentos das lideranças das legendas, ele já conta com o apoio de muitos parlamentares e de representantes de setores da sociedade.

Bolsonaro atacou ainda o seu adversário repetindo que Haddad é fantoche do ex-presidente Lula.

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Boulos declara apoio a Haddad no segundo turno

Após derrota no primeiro turno, o candidato Guilherme Boulos (Psol) declarou que irá apoiar a candidatura de Fernando Haddad (PT) à Presidência neste segundo turno. O petista deve enfrentar Jair Bolsonaro (PSL). No Twitter, Boulos afirmou que o objetivo é ir para as ruas “derrotar o fascismo”. Para ele, votar em Haddad significa “eleger quem representa a democracia”.

Haddad obteve 29,24% dos votos (30,6 milhões), contra 48,9 milhões (46,06%) do adversário do PSL. Durante pronunciamento nacional na noite de domingo, 7, o petista disse que contatou Ciro Gomes (PDT). O pedetista, que ficou em terceiro lugar, mencionou a luta pela democracia em entrevista após a apuração e o bordão contra Bolsonaro: “Ele não”, indicando quem não apoiará neste segundo turno.

Marina Silva ligou para o petista logo após a apuração. Haddad conta que elogiou a elegância dela durante o primeiro turno. “Tenho muito respeito e consideração por todos”, disse o presidenciável sobre os concorrentes em post no Twitter.

Câmara dos Deputados

O Partido dos Trabalhadores conseguiu eleger a maior bancada da Câmara nestas eleições, com 56 integrantes. Depois do PT, a sigla que mais conseguiu resultados positivos nas eleições foi a de Bolsonaro, com 52 das 513 vagas. O apoio dos candidatos eleitos deve ser sentido no segundo turno.Com informações do O Povo.

Acopiara: Semana do atendimento odontológico

Deu início na manhã desta segunda-feira, 8 de outubro, na Unidade Básica de Saúde do Isidoro, em Acopiara, a semana do atendimento odontológico para a população, especialmente às crianças da comunidade local, em comemoração ao Dia das Crianças, que acontecerá na próxima sexta, 12.

Os atendimentos seguirão até a próxima quinta-feira,11, onde terá o encerramento da semana odontológica. Na ocasião, terá um vídeo educativo mostrando a importância da higiene bucal para a saúde das crianças. Na oportunidade, elas ganharão pipoca e participarão de sorteios de brinquedos.

Enel realiza feirão para parcelar contas em atraso no Ceará

A Enel Distribuição Ceará, realiza a partir desta segunda-feira (8), um feirão de negociação para clientes em débito com a empresa no Estado. A ação vai oferecer parcelamento de dívidas, com isenção de juros e multas de faturas vencidas há pelo menos 90 dias. As condições para fazer o parcelamento podem variar de acordo com a situação de cada cliente. O feirão encerra dia 09 de novembro.

Todas as lojas de atendimento da companhia no Ceará estão mobilizadas na ação, obedecendo os horários convencionais de cada unidade. No dia 12 de outubro, feriado de Nossa Senhora Aparecida, e 2 de novembro, feriado de Finados, não haverá atendimento, sendo retomado na segunda-feira seguinte, dias 15 de outubro e 5 de novembro.

No último feirão de negociação, realizado no Ceará entre novembro e dezembro de 2017, foram registrados quase 30 mil parcelamentos e negociados R$ 22,3 milhões em dívidas.

Como participar

Além da conta de energia, o cliente deverá levar seu CPF para a loja de atendimento e atualizar seu cadastro informando também telefone de contato e, quando existente, o e-mail. A ação também é uma grande oportunidade para os clientes que tem dívidas antigas, pois terão condições diferenciadas.Com informações do Diário do Nordeste.

Em primeiro ato do segundo turno, Haddad visita Lula em Curitiba

Em seu primeiro ato de campanha no segundo turno, o candidato do PT Fernando Haddad visita nesta segunda-feira o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sede da Polícia Federal, em Curitiba, onde o líder petista cumpre pena por sua condenação na Operação Lava Jato.
O presidenciável do partido, que substituiu Lula na disputa, recebeu 29,2% dos votos válidos nas eleições deste domingo e vai decidir a corrida pelo Palácio do Planalto com Jair Bolsonaro (PSL), que obteve 46% dos votos.
O encontro deve definir quais as prioridades de Haddad no segundo turno. O PT espera que Lula delibere sobre alianças e quais os rumos da campanha. Setores petistas já discutem se o candidato à Presidência deve assumir um caminho mais independente ao ex-presidente para tentar atrair eleitores ligados ao centro.
Um dos pontos que pode ser mudado no segundo turno é o programa de governo, feito sob medida para Lula. Já há grupos petistas quem defendem que ele modere em questões tributárias e reforma da Constituição, entre outros temas. Para petistas ligados ao candidato, Haddad vai ter de sair de “baixo das asas” do ex-presidente.
Em pronunciamento neste domingo, após a confirmação do resultado, Haddad agradeceu nominalmente o ex-presidente. “Eu queria antes de mais nada agradecer a presença de vocês, à minha família, ao meu partido e a sua maior liderança, o presidente Lula”, falou o presidenciável no início de seu discurso.
Haddad disse esperar um segundo turno “mais civilizado” e fez acenos a Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede) e Henrique Meirelles (MDB), seus ex-companheiros de Esplanada no governo do então presidente Lula. “Eu tenho o maior respeito pelos que concorreram no primeiro turno, sobretudo aqueles com quem eu trabalhei. Trabalhei com Marina, com Ciro, com o Meirelles no governo Lula. Tenho o maior respeito e admiração pelo trabalho que eles realizaram.”
“Queremos unir os democratas do Brasil, os que têm atenção aos mais pobres. Queremos um projeto amplo para o Brasil, mas que busque justiça social”, afirmou.
Com informações do Estadão Conteúdo.

Propaganda eleitoral gratuita do 2º turno para rádio e TV começa sexta, 12

No dia 28 de outubro acontecerá a votação para o segundo turno das eleições presidenciais. Na próxima sexta-feira, 12 de outubro (12/10), começa a propaganda eleitoral gratuita no rádio e TV, com término no dia 26 de outubro.

Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) estão na disputa pelo Planalto e podem iniciar a campanha eleitoral a partir das 17 horas desta segunda-feira, 8. De acordo com a Lei das Eleições, 24 horas após o encerramento das votações, é permitido que os candidatos façam carreatas, distribuição de material de campanha, além do comícios e propaganda com alto-falantes ou amplificadores de som.

No segundo turno, os presidenciáveis terão dois blocos diários de dez minutos cada, com início às 7 horas e às 12 horas, no rádio, e às 13 horas e às 20h30min, na televisão.

Detentor do maior tempo de propaganda no primeiro turno com 5 minutos e 32 segundos, o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) ficou em quarto lugar na corrida presidencial, com 4,76% dos votos válidos.

O ex-governador de São Paulo foi superado por Fernando Haddad (PT), Ciro Gomes (PDT) e Jair Bolsonaro (PSL), que tinham 2 minutos e 23 segundos, 38 segundos e 8 segundos respectivamente. Com informações do O Povo.

Cleo abre o jogo: 'Me posiciono quando acho que é pertinente'

Atriz da Globo fala de política e vaidade (Reprodução/instagram.com/cleo)
As atuais eleições no Brasil estão fazendo com que várias celebridades se posicionem e falem abertamente sobre política e até mesmo dos seus candidatos ou partidos preferidos.

Apesar disso, a atriz e cantora Cleo, 36, garantiu para o jornal “O Dia” que ela só falará quando achar que isso será relevante. “Não acho que não somos obrigados a nada, vai muito de pessoa para pessoa querer se posicionar. Eu me posiciono quando acho que é pertinente e inevitável, já que, como artista, tenho a possibilidade de usar a minha visibilidade e voz para promover um debate saudável e produtivo. Isso não pode ser imposto a ninguém”, declarou ela.

Ainda em entrevista ao veículo carioca, a artista da TV Globo negou que tenha feito diversas plásticas no rosto. “Eu só realizei uma plástica, que foi no nariz. Não faria nada que prejudicasse a minha saúde”, falou ela que revelou uma loucura estética realizada há algum tempo. “Adoro testar máscaras de rosto diferentes e teve uma vez que fiz uma máscara de batata com iogurte que me disseram que era bom para manchas na pele e fiquei com uma alergia enorme”, confessou.

Xuxa ganha caricatura de presente e ri de si mesma: 'Muito bom'

Assídua em suas redes sociais, a apresentadora Xuxa Meneghel, 55, costuma responder aos fãs e até bater boca com os haters que a atacam na web. Porém, a loira também sabe divertir os seus seguidores.

Nesta segunda-feira (8), a artista da TV Record compartilhou no Instagram uma caricatura que ela ganhou de um fã. Com traços exagerados, o desenho ressaltou os dentes e as bochechas da eterna rainha dos baixinhos que riu de si mesma ao legendar a imagem. “Não consigo olhar sem rir… Hahaha, muito bom!”, escreveu ela.
 
“Adoro gente que ri de si mesma, Xuxa kkkkkkkkk”, comentou uma admiradora no perfil de Xuxa. “Coelhinho da Páscoa, o que trazes pra mim…”, disparou uma pessoa sobre os dentes grandes da caricatura. “Eu também não olho sem rir”, escreveu mais um internauta que aprovou o bom-humor da famosa.

Reservatórios de água necessitam de manutenção periódica

Sete reservatórios cearenses tiveram anomalias identificadas durante diagnósticos realizados entre 2016 e 2017 e vão passar por intervenções e reparos, são eles: Tijuquinha (Baturité), Trapiá (Pedra Branca), Cupim (Independência), Valério (Altaneira) e Pau Preto (Potengi), Poço Verde (Itapipoca) e Jaburu 1, em Ubajara. De acordo com o diretor de operações da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Estado (Cogerh), Bruno Rebouças, duas licitações em curso, uma em processo final, na ordem de R$ 4 milhões, e outra ainda no estágio inicial, de R$ 12 milhões, darão condições para executar as obras.

De uma lista da Agência Nacional das Águas (ANA) com dez barragens, o Facundo, em Parambu e o São José II, em Piquet Carneiro já foram recuperadas. Relatório de Segurança de Barragens é divulgado anualmente pela ANA e, em 2016, identificou 25 reservatórios com problemas em todo o País, sendo dez no Ceará.

No ano passado, a relação brasileira incluiu o Jaburu 1, entre Tianguá e Ubajara. O açude apresenta percolação pelo maciço e erosão regressiva no canal de restituição do vertedouro. "Já foram realizadas obras para conter a percolação, e está prevista uma ação para recuperação do canal de restituição do vertedouro, sendo esse último no valor de pouco mais de R$ 2 milhões", informa.

Rebouças explica que a Cogerh realiza dois diagnósticos por ano (um antes da quadra chuvosa, outro após as chuvas) nos 155 açudes monitorados pela Companhia. Erosões e vegetação no declive das barragens estão entre os principais problemas encontrados. Entre os serviços mais simples, explica, o chamado roçado nas paredes evita, por exemplo, que a vegetação comprometa a estrutura do equipamento.

"Boa parte dos trabalhos é possível fazer com a nossa equipe. Quando a intervenção é mais complexa e necessita de trabalho de um engenharia maior, é preciso licitar. Dos dez listados pela ANA, três já passaram por manutenção, inclusive o Jaburu 1, que nem estava nessa relação anterior, além dele, o Facundo, em Parambu; o São José II, em Piquet Carneiro já foram recuperados", garante Rebouças.

Processo de licitação

Já o Tijuquinha, o Trapiá, Cupim e o Valério estão em processo de licitação em fase de conclusão na Procuradoria Geral do Estado (PGE) para a escolha do vencedor. "Logo tenhamos isso, daremos ordem de serviço para as obras necessárias. Os demais, como o Pau Preto e o Poço Verde também estão no Termo de Referência, em novo processo de licitação. Essa época de volume baixo é a hora das intervenções", ressalta.

Lista de barragens identificadas pela ANA

Jaburu 1, em Ubajara, que ainda precisa de reparos em seu vertadouro
Facundo, em Parambu e o São José II, em Piquet Carneiro já foram recuperados.

Tijuquinha (Baturité)

Trapiá (Pedra Branca)

Cupim (Independência)

Valério (Altaneira) terão intervenções em licitação

O Pau Preto (Potengi) e Poço Verde (Itapipoca) entraram na licitação em estágio inicial. Com informações do Diário do Nordeste.

Alvo de piada na Globo, Rodrigo Faro responde: 'Humildade precede a honra'

O apresentador mostrou os índices de audiência de seu programa em resposta á piada do “Choque de Cultura” (Reprodução/ Instagram/ @rodrigofaro)
Rodrigo Faro foi alvo de uma piada do programa “Choque de Cultura”, exibido pela Globo e respondeu. Durante uma esquete do humorístico, Rogerinho do Ingá (Caito Mainier) reclamou da análise sobre o filme que seria exibido em seguida e falou sobre o risco de perder audiência para os concorrentes. “A gente tá começando a desviar do assunto aqui e você sabe que TV aberta quando desvia de assunto, o pessoal muda de canal”, disse ele.

Bem humorado, Renan (Daniel Furlan) citou o programa de Rodrigo Faro e ironizou sua postura no palco da atração. “Aí não tem jeito, Rogerinho. Tem muitas atrações. Não tem como segurar. Tem o Rodrigo Faro sempre emocionadíssimo, diante da situação de infelicidade extrema do telespectador. Eu fico preocupado que ele tá sempre chorando. No ar-condicionado, no estúdio, mas tá sempre chorando”, brincou ele.

Em seu Instagram, Rodrigo Faro postou matérias que mostravam que seu programa tinha atingindo a liderança nos índices de audiência como resposta à piada. “Porque será que a Globo debochou do nosso programa hoje? Porque? Não sei a resposta… Será que é por isso? A humildade precede a honra. Obrigado meu Deus por tantas bençãos e vitórias na minha vida e no nosso programa!”, escreveu o apresentador.

Gleisi admite que Haddad pode tirar de programa de governo proposta sobre nova Constituinte

Gleisi admite que Haddad pode tirar de programa de governo proposta sobre nova Constituinte
SÃO PAULO (Reuters) - A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, admitiu nesta segunda-feira que o partido pode retirar do programa de governo do presidenciável Fernando Haddad a ideia de uma nova Constituinte, a pedido dos partidos aliados.

A ideia, cara ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, criou enorme desgaste a Haddad, que defendeu a ideia em uma entrevista de campanha.

O candidato afirmou que pretendia seguir o que estava no programa e criar condições, se fosse possível, para uma Constituinte. A proposta foi comparada à fala do vice de Jair Bolsonaro (PSL), general da reserva Hamilton Mourão, que falou sobre uma Constituinte formada por “notáveis”, e não pessoas eleitas.

O presidenciável do PSL venceu o primeiro turno e disputará contra o candidato petista a segunda rodada no final do mês.

“Vamos sentar com os partidos agora. Possivelmente vamos ter que fazer essa revisão. Já havia solicitação do PCdoB e há de outros partidos. Acredito que é de bom tom fazer essa revisão”, disse Gleisi a jornalistas, em São Paulo.

A senadora disse ainda que Haddad poderá diminuir o número de visitas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula Silva, preso em Curitiba, se a dinâmica da campanha assim o exigir, já que são apenas três semanas até o segundo turno, mas defendeu as visitas semanais de Haddad a Lula.

“Não vamos problema nenhum em consultar o presidente Lula como a qualquer outra liderança política, nem Haddad vê. O presidente é uma das maiores lideranças desse país. Mas não sei como vai ser, depende do tempo, disposição para ele conversar. Se for possível ele vai", disse.

"Mas nós já temos a linha da campanha”, acrescentou.

As visitas semanais de Haddad a Lula têm sido usadas contra Haddad, que é acusado de ir a Curitiba receber ordens de um “presidiário”.

Nesta segunda-feira, depois da visita, Haddad deu entrevista, sua primeira depois do primeiro turno, em um hotel de Curitiba. Pela primeira vez a campanha optou por evitar que o candidato falasse em frente à superintendência da Polícia Federal, onde Lula está preso.