sexta-feira, 19 de abril de 2019

Palmirinha e Ana Maria Braga se emocionam em reencontro após 20 anos

Reencontro ocorre após 20 anos


"Foi muito sofrimento, muitas portas se fechando. Mas quando entrei para trabalhar com você, foi quando fui crescendo. Onde pude aprender a falar na televisão, entender meu público... Foi com você Aninha", reconheceu Palmirinha.

A Sexta-feira Santa começou com encontro histórico na televisão brasileira. Após 20 anos, Ana Maria Braga e Palmirinha se reencontraram. 

Elas tomaram café da manhã e tiveram uma conversa emocionante sobre o passado. 

"Muita saudade, Aninha. Hoje, eu posso morrer", disse Palmirinha. "Foi muito sofrimento, muitas portas se fechando. Mas, quando eu comecei a trabalhar com você, Aninha, eu fui crescendo e pude aprender a falar na televisão, a atender o público... Eu aprendi muito com você", completou a culinarista.

A conversa das duas apresentadoras comoveu pessoas também nas redes sociais. O encontro foi um dos assuntos mais falados durante a manhã no Twitter.

Agricultor é preso suspeito de estuprar menina de oito anos

O agricultor Antônio Edmar Gomes, de 75 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (19), sob suspeita de estuprar uma menina de oito anos, em Campos Sales. A captura aconteceu enquanto o idoso estava escondido na casa de familiares, no Conjunto Jereissati, Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. 

A suspeita é que Edmar fosse amiga da família e retirou a vítima à força de dentro de casa a levando para um local isolado. A Polícia Militar já havia informado que o crime aconteceu na última terça-feira (16). Contra ele já havia sido expedido um mandado de prisão por este crime.

De acordo com o delegado Wagner Jorge Cavalcante, da Delegacia Metropolitana de Maracanaú, Antônio Edmar foi encaminhado ao Complexo de Delegacias Especializadas (Code), em Fortaleza. A criança confirmou a violência sexual e foi encaminhada ao Conselho Tutelar da região.

Secretário da Segurança do Ceará, André Costa posa ao lado de trono feito com cartuchos de balas

O Secretário da Segurança Pública do Ceará, André Costa, publicou uma foto no Instagram em que aparece ao lado de um trono construído com cartuchos de balas, em uma exposição no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (18). 


O trono foi feito pelo artista cearense Rodrigo Camacho, especialista em esculturas feitas com cartuchos deflagrados. O objeto está em exposição no Riocentro, localizado no bairro de Jacarepaguá, na cidade do Rio de Janeiro.


O presidente Jair Bolsonaro já havia sido presenteado com uma escultura também constituída de cápsulas de balas, feita pelo mesmo artista, em dezembro do ano passado.


Rodrigo Camacho também homenageou o governador Camilo Santana, em julho de 2018, com uma escultura feita com cápsulas calibre 40. A entrega da obra aconteceu durante a inauguração da sede do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), no bairro São Gerardo. Além de Santana, o secretário André Costa também recebeu escultura do artista, naquela ocasião.


Diminuição da violência

Na publicação, André Costa cita os dados divulgados nesta quinta-feira (18) que mostram que o Ceará foi o Estado que mais reduziu o número de homicídios no Brasil, no primeiro bimestre de 2019. 


"Algumas questões explicam o diferencial no Ceará. Aqui temos inovado e criado estratégias apoiadas por tecnologias disruptivas e criando a primeira área de ciência de dados na segurança pública do País", relata o secretário.


"Continuaremos avaliando e nos esforçando dia-a-dia nessa grande responsabilidade de continuar colocando o Ceará como destaque positivo na área da segurança pública e trazendo mais tranquilidade aos nossos irmãos cearenses", finaliza.


Rodrigo Camacho 


Camacho nasceu em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, mas tem raízes no Ceará. Se fosse vendida, a escultura custaria cerca de R$ 4 mil, de acordo com o artista. Hoje, seus principais clientes são quarteis, bases ou batalhões da polícia espalhados pelo país.


"Minha caneta é um cartucho", diz. "Eu tive a ideia quando fui convidado por um amigo meu, que é subcomandante do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), para conhecer o batalhão, que estava fazendo 40 anos. Aproveitei e fui conhecer o Caveirão. Quando eu avistei os cartuchos no chão, e vi o símbolo da caveira, me deu um estalo. Eu ia fazer a caveira do Bope de cartuchos".

Caminhoneiros ameaçam iniciar nova greve em 29 de abril

Segundo representante, parte da categoria já decidiu iniciar uma paralisação no próximo dia 29 de abril. (Foto: Ronaldo Silva/Futura Press)
Parte da categoria de caminhoneiros autônomos ameaça iniciar uma paralisação no dia 29 de abril. O posicionamento foi passado por um dos representantes dos caminhoneiros Wanderlei Alves, conhecido como Dedéco.

A nova greve, segundo a previsão de Alves, está programada para começar a partir da meia noite do dia 29. “A maioria dos grupos de caminhoneiros já decidiu pelo dia 29 de abril, tem uns ou outros que acham que é pouco tempo, que devemos esperar ainda, mas a maioria concorda sobre o dia 29 porque chegamos num ponto que não tem mais condições de trabalhar”, disse.

Ele ressaltou que a decisão foi acordada em um grupo com diversas outras lideranças do movimento, e que, a exemplo do que ocorreu no ano passado, o movimento deve atingir o Brasil inteiro, crescendo à medida em que os dias avançam.

Alves afirma que os caminhoneiros decidiram antecipar a paralisação, anteriormente prevista para 21 de maio, em virtude do novo aumento do diesel. “Com esse aumento do óleo diesel não tem mais condição”, afirmou. “Os caminhoneiros estão cientes de que, dentro de 14, 15 ou 16 dias vai ter outro aumento do diesel, e esse aumento de R$ 0,10/litro já afetou em R$ 1 mil o lucro mensal, e o frete continua o mesmo.”

A Petrobras informou na quarta-feira que decidiu aumentar o preço do diesel em R$ 0,10/litro, o que implica uma variação mínima de 4,518% e máxima de 5,147%, nos seus 35 pontos de venda no Brasil. O aumento começou a vigorar nesta quinta.

Quatro pessoas são presas com pasta base de cocaína dentro de carro na BR-304

Dois homens e duas mulheres foram presos na madrugada desta sexta-feira (19) com 25 quilos de pasta base de cocaína na rodovia BR-304, em Fortaleza. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a droga estava escondida no interior de um veículo. 

O veículo foi abordado no km 53 pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar. A droga era transportada em tabletes escondidos no carro.  

Segundo a PRF, duas as mulheres vindas do Rio Grande do Norte e dois homens, um cearense e outro natural do estado de Goiás, estavam no carro e foram presos em flagrante. A polícia não informou a origem nem o destino dos entorpecentes. 

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia Regional de Aracati, onde os presos serão autuados pelo crime. 

Lula é liberado para conceder entrevistas à imprensa

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, decidiu nesta quinta-feira (18),arquivar sua decisão que impediu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de conceder entrevistas à imprensa. 

Desde 7 de abril do ano passado, Lula está preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba para cumprir pena inicial de 12 anos e um mês de prisão, imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP).

Com a medida, o ex-presidente poderá conceder uma entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que teve pedido rejeitado pela Justiça Federal em Curitiba. 

Após a decisão, Toffoli enviou o caso para Lewandowski, que deverá determinar a autorização para a entrevista.

"Determino o retorno dos autos ao gabinete do relator para as providências cabíveis, uma vez que não há impedimento no cumprimento da decisão proferida pelo eminente relator nesta ação e naquelas apensadas", decidiu. 

No ano passado, durante as eleições, Toffoli suspendeu uma decisão do ministro Ricardo Lewandowski que liberava a entrevista.

Nesta quinta-feira, ao analisar a questão novamente, o presidente informou que o processo principal do caso, relatado por Lewandowski chegou ao fim e sualiminar perdeu o efeito. 

Antes de o caso chegar ao STF, a juíza federal Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, negouo pedido de autorização solicitado por órgãos de imprensa para que o ex-presidente conceda entrevistas.

Ao decidir o caso, a magistrada entendeu que a legislação não prevê o direito absoluto de um preso à concessão de entrevistas. “O preso se submete a regime jurídico próprio, não sendo possível, por motivos inerentes ao encarceramento, assegurar-lhe direitos na amplitude daqueles exercidos pelo cidadão em pleno gozo de sua liberdade”, entendeu a juíza.

Fotógrafo divulga foto inédita de Alessandra Negrini nua em ensaio





Alessandra Negrini em foto de Bob Wolfenson. Foto: reprodução/Instagram/@bobwolfenson
O renomado fotógrafo Bob Wolfenson tirou do fundo do baú uma foto inédita de Alessandra Negrini como veio ao mundo. O registro, clicado há 19 anos e publicado no perfil do profissional no Instagram, motivou elogios de colegas famosas como Letícia Colin, Ellen Jabour e Maria Ribeiro.

“#tbt foto inédita, mas realizada no ano 2000, para o antológico ensaio de @alessandranegrini”, escreveu Wolfenson. “Que foto maravilhosa!”, admirou Colin. “Deusa”, comentou Maria.

Bolsonaro demite secretário do Esporte e o substitui por primo de Ciro Gomes

Atendendo às ordens do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, demitiu o secretário especial do Esporte, Marco Aurélio Costa Vieira. Para substituí-lo, foi escalado o general Décio dos Santos Brasil, primo de Ciro Gomes (PDT), candidato à presidência nas eleições de 2018. As informações são da Agência Estado.

O vice-presidente Hamilton Mourão, apontado como seu “padrinho”, até tentou mantê-lo no cargo, mas não obteve êxito. O motivo da demissão foi a tentativa de Marco Aurélio em retomar o Ministério do Esporte. A indicação do novo secretário passou pelo ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e pelo chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, até ser chancelado pelo próprio presidente.

Vieira estava há 107 dias no comando da Secretaria Especial do Esporte. Antes disso, já havia atuado como diretor executivo de Operações dos Jogos Olímpicos do Rio, além de dirigir o revezamento da tocha olímpica em 2016. Procurado pelo Estado nesta quinta, não quis dar entrevista.

Na última semana havia ocorrido um mal-estar entre o ex-secretário e Osmar, que não teria gostado de saber que Marco Aurélio tinha se reunido com Bolsonaro sem comunicá-lo. Ainda na semana passada, Osmar tentou amenizar especulações sobre uma possível saída de Vieira.

"Nossa dificuldade é juntar três ministérios em um e fazer funcionar lá na ponta. Não tem de ficar mudando secretários. Tem é de fazer eles trabalharem e todos estão”, afirmou. Apesar disso, assumiu existir "jogo de interesses e de bastidores".

Motorista é preso após colidir caminhão contra poste em Acopiara

No inicio da noite desta última quinta-feira (18),um motorista de 41 anos, natural do Piaui, foi preso em flagrante após colidir contra um poste de iluminação Pública no centro de Acopiara.
O motorista pilotava um caminhão tipo Baú, modelo Volkswagen, com placas de Teresina Piaui, quando em uma manobra nas proximidades do Terminal Rodoviário, veio a colidir a traseira do veiculo contra um poste que ficou danificado com o impacto, sendo sustentado apenas pela fiação. Logo em seguida o veiculo se evadiu.
Uma equipe de agentes de trânsito que passava pelo local foi acionada e iniciou uma perseguição ao Caminhão, que só parou devido a uma barreira Policial montada pela Policia Rodoviária na entrada de Iguatu.
O caminhoneiro foi conduzido a Delegacia Regional de Policia Civil, onde foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante.

Dirija com segurança à noite graças a estes óculos noturnos revolucionários!


Ao comprar o seu ClearView, você está investindo em si mesmo e em seus entes queridos. Nunca se sabe quando enxergar melhor à noite pode salvar sua vida.

Se todos os motoristas pudessem contar com esses benefícios, os acidentes automobilísticos seriam drasticamente reduzidos. Por que não se proteger melhorando sua própria visibilidade?

Lembre-se: muitos motoristas jovens e inexperientes dirigem à noite. É importante ficar tão seguro quanto possível.

Com o ClearView, você terá uma sensação palpável de segurança e confiança no volante. Ver claramente à noite é maravilhoso. Encarar a direção depois que o sol se põe não precisa ser tão assustador!

Veja ClearView em ação:


O ClearView tem uma lente especial amarela. Ela melhora nitidez da visão, bloqueia o brilho e luzes azuis, além de aumentar o contraste. Ele também fornece proteção UV.

Como funciona?

O ClearView é simples e fácil de usar. Você já usa óculos? Não é um problema. Basta usá-lo sobre seus óculos costumeiros e pronto.
Não precisa se preocupar com o ajuste também. Seu tamanho atende a todos os tipos de rosto.

Onde posso comprar o meu?

Como o ClearView pode me oferecer tanta proteção?

Bloqueador de luzes ofuscantes

Faróis altos à noite podem ser desconcertantes, não é? E perigosos. Fica difícil manter o controle do carro. Com o ClearView, você será capaz de enxergar com facilidade, mesmo próximo a condutores usando o farol alto.

Bloqueador de brilho

Já sabemos que essas lentes melhoram a visibilidade geral. E o brilho? O ClearView também resolve. Você observará uma redução significativa no brilho do tráfego e nos sinais.

Enxergue no escuro com facilidade

Graças ao ClearView, você será capaz de ver no escuro com facilidade. As lentes amarelas melhoram o contraste à noite. Isso permite que você veja mais claramente, quando estiver dirigindo altas horas. Você estará muito mais preparado para situações perigosas no trânsito.

Nossa conclusão - compre enquanto está barato!

A segurança é muito importante e não deve ser descartada. Enxergar melhor no trânsito pode evitar muitos acidentes. Esses óculos são a ferramenta perfeita para garantir sua segurança. Por isso, nós os recomendamos.

Além de tudo, eles são muito elegantes e dão um ótimo presente!


O baixo custo e alta qualidade do ClearView são muito atraentes. Com as vendas online na alta temporada, a demanda tem aumentado rapidamente. O estoque é limitado. Compre o seu ClearView enquanto ele ainda está disponível.

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Homem espera marido sair de casa para estuprar vizinha em Assaré

Um homem foi preso e autuado em flagrante por estuprar a vizinha em Assaré, na região do Cariri. Ele esperou o marido da vítima sair de casa para invadir a residência e praticar o crime, ocorrido nesta segunda-feira (8), mas divulgado apenas na noite desta terça.

A vítima informou à polícia que acordou por volta das 4h30 com o homem entrando no quarto. A mulher estava com a filha de 11 anos na cama e pediu para que não fizesse nada com as duas. 

O suspeito usava uma camisa no rosto para não ser identificado, mas a mulher o reconheceu. Ele a levou para outro quarto e a violentou, usando uma faca para ameaçá-la. Após o estupro o homem fugiu e a vítima acionou a polícia militar. 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSPDS), o suspeito foi preso em flagrante com a faca e a roupa usada no crime. O caso foi levado para a Delegacia Regional do Crato.

Bolsonaro chega aos 100 dias com desafio de recuperar aprovação

Ao chegar aos 100 dias de Governo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem os índices de aprovação nas últimas pesquisas como um termômetro dos desafios que estão por vir. Levantamentos feitos pelos institutos Ibope e Datafolha mostram que, em queda desde o início do mandato, o presidente é o mandatário pior avaliado no período desde a década de 1990. Os números não parecem incomodar o Palácio do Planalto publicamente, mas devem refletir a busca por ações direcionadas a diversos setores do País.

A queda na popularidade em tempo recorde é o suficiente para o atual presidente, que tem 32% de avaliação positiva segundo o Datafolha, ficar atrás de Fernando Collor, com 36%, Itamar Franco, com 34%, Fernando Henrique Cardoso, com 39%, Lula, com 43%, e Dilma, com 47%.

Para o cientista político da Universidade Federal do Ceará, Cleiton Monte, a chamada "lua de mel" de todo Governo, no eixo dos primeiros seis meses de gestão, não acontece "porque o desgaste já existe dentro dos cem dias". Ele ressalta que os líderes dos partidos não demonstram entusiasmo com a pauta do Planalto, fragilizando a base ainda não firmada no Congresso.
Cleiton Monte tenta explicar a desidratação elencando "desgastes com sociedade, imprensa, sociedade civil organizada e congresso". "É um Governo que passa a criar cenários bélicos com várias forças e isso afeta a popularidade, em queda na classe média e Nordeste. Essa classe não vê ações concretas do Governo".
O sociólogo da Universidade Federal do Ceará, Jonael Pontes, ressalta que os números que envolvem a classificação "regular" do Governo devem indicar atenção para o Planalto. Isso porque "os pesquisados que optam por essa variável, os que estão em cima do muro, são uma variável importante". "Se tem indecisão, tem insegurança", explica. O Ibope traz que esse contingente pesquisado está em torno de 34%, enquanto o Datafolha mostra 33%.
Campanha
A insegurança na população, de acordo com o pesquisador, pode ter sido gerada pelos recuos do presidente e de ministros, além dos casos de corrupção que causaram pressão no Governo, como os episódios envolvendo as denúncias de candidaturas laranjas do PSL na eleição de 2018.
Para o cientista político Clésio Arruda, da Universidade de Fortaleza, o retrato do momento tem ligação com a campanha feita pelo presidente. Segundo ele, o Governo gerou uma expectativa de resolução de fatores que são de difícil solução a curto prazo. "Você promete resolver o problema da violência no Brasil. Todos os especialistas dizem que a violência não se resolve a curto prazo, porque não é só polícia, são políticas públicas a longo prazo", diz o pesquisador.
Arruda argumenta que o Planalto gerou expectativas muito altas. "O Governo estabeleceu metas muito elevadas por um lado. Por outro, não participou dos debates aonde essa questão ficaria mais clara. Nesse sentido, você gera uma expectativa no eleitor e a frustração para qualquer meta estabelecida", conta. Bolsonaro, por sua vez, reagiu a dados da última pesquisa Datafolha, no Twitter, de forma sintética: "Kkkkkk".
Relação do presidente com a imprensa
“Datafolha? Não vou perder tempo para comentar pesquisa do Datafolha, que diz que eu ia perder para todo mundo no segundo turno”, disse o presidente Jair Bolsonaro ao ser questionado sobre o resultado do levantamento. 
Informações oficiais do governo à imprensa
A reportagem procurou todos os ministérios, através de e-mail, para solicitar informações oficiais sobre a execução das metas.  Quase todas responderam, de forma ágil. Na última segunda-feira (8), porém, um e-mail da Secretaria-Geral do governo anunciou que nenhuma Pasta enviaria mais informações sobre as metas.

"Eu não nasci para isso. Quem nasceu tá preso", volta a afirmar Bolsonaro sobre cargo de presidente

Em entrevista ao programa “Pingo nos is” da Jovem Pan, nesta última  segunda-feira, 8, o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre o cargo de presidente. “Eu não nasci para isso, quem nasceu tá preso ou tá estocando vento”, afirmou.

Na última quinta-feira, 4, Bolsonaro havia dado uma declaração parecida: "Desculpem as caneladas, não nasci para ser presidente, e sim militar", afirmou durante inauguração do Espaço de Atendimento de Ouvidoria da Presidência da República, no Palácio do Planalto.

Perguntado sobre a relação do governo com a mídia, afirmou que grande parte não divulga as boas decisões do governo, e que por isso utiliza suas mídias sociais para dialogar. Ainda sobre as ações do governo e dos ministros, afirmou que “95% das ações são deles [ministros]".

Sobre uma possível recandidatura para as eleições de 2022, o presidente declarou que há pressão para isso e que pensa em reeleição apenas se houver uma reforma política. “Reeleição causa uma desgraçada no Brasil”, disse, afirmando que muitas vezes acontece acordo político com “quem não interessa” para conseguir apoio.

Quanto à uma provável entrada de forças armadas na Venezuela, Bolsonaro afirmou que antes de acatar alguma decisão ouviria o Conselho de Defesa Nacional e Congresso. "Não queremos confrontar ninguém", disse. Com informações do O Povo.

Tragédia: Professor mata filha com tiro de escopeta na cabeça e comete suicídio em Russas (CE)

Uma verdadeira tragédia abalou o município de Russas, no Vale do Jaguaribe.O fato ocorreu nesta segunda-feira, 8, por volta das 21h30, em uma residência localizada no sítio Carvão.

O professor Raimundo André de Oliveira, 46 anos, matou a filha Rayanna Paschoal de Oliveira, 9 anos, com um tiro de espingarda escopeta calibre 12, na cabeça, e em seguida cometeu suicídio por meio de enforcamento.
O delegado plantonista Vinicius Fixina esteve no local com inspetores, além de policiais militares. A escopeta foi apreendida e será periciada.
No momento da tragédia, a esposa de Raimundo André não se encontrava em casa. Parentes do professor serão ouvidos na Delegacia Regional de Polícia Civil de Russas acerca do fato.
Segundo um policial civil, a primeira linha de investigação é de ocorrência de tiro acidental seguido de suicídio, mas outra motivação também será investigada.
Os corpos do professor Raimundo e da filha Rayanna foram levados para o IML da cidade para serem necropsiados.
Com colaboração de Richard Lopes.

Zezé Di Camargo desabafa nas redes sociais após perder companheira

Zezé Di Camargo contou em seu Instagram que sua cachorra Mel faleceu na segunda-feira (8). Disse ainda está passando por um dos piores dias da sua vida.

“Não gosto de postar coisas tristes aqui, porque acho que as pessoas possam pensar, que estou querendo provocar emoção. Mas o meu dia hoje, está sendo um dos mais tristes de minha vida!”, escreveu.

Relatou o ocorrido e a causa da morte de Mel: “Hoje quando acordo meu funcionário aqui em casa me avisou que a Mel não estava bem. Corri para vê-la e imediatamente mandei levar no veterinário que cuida deles. Meia hora depois recebo uma das piores notícias da minha vida. A mel não resistiu a uma parada cardíaca!”

E declarou por fim o seu amor pela cachorrinha: “Vocês não tem noção da dor que estou sentindo, escrevendo isso aqui, agora! Minha doce Mel! Te amo demais! Mais um anjinho no céu! Neste momento só lágrimas…”.

Prefeitura de Acopiara realiza o encerramento do Curso de Formação de Educadores Ambientais

A Prefeitura de Acopiara, através da secretaria do Meio Ambiente, em parceria com a secretaria do Meio Ambiente do Estado, realizou na manhã desta terça-feira, 9 de abril, no auditório do Centro Administrativo- CETEC, o encerramento do Curso de Formação de Educadores Ambientais.

O mesmo foi ministrado por técnicos da SEMA do Estado, com o objetivo de qualificar e capacitar profissionais na área de Educação Ambiental. Na ocasião, foram apresentados trabalhos em grupo e teve a entrega de certificados aos participantes.  A carga horária foi de 120 h/a.

Participaram do curso professores, servidores municipais e alunos do IFCE- Campus Acopiara.

Preço do gás de cozinha pode ser reduzido pela metade em dois anos, diz ministro

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (9), que o governo pretende reduzir pela metade o preço do gás de cozinha no país em dois anos. Segundo o ministro, para conseguir essa redução, é preciso quebrar o monopólio do refino e da distribuição.
Ao participar da 22ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, em Brasília, Guedes disse que o monopólio da Petrobrás no refino do gás torna o preço do produto mais caro no brasil. O ministro afirmou ainda que a solução para a falta de recursos vem do petróleo, especificamente da exploração da camada do pré-sal.
Guedes defendeu junto aos prefeitos a aprovação da reforma da Previdência, ressaltando que a reforma vai liberar recursos para os entes municipais. “Todos já sabemos que a reforma da Previdência é importante também para municípios e estados”, afirmou.
O ministro disse ainda que o governo trabalha para unificar ainda este ano até cinco tributos e que se a mudança for efetivada a arrecadação será compartilhada com estados e municípios.
“Vamos baixar, simplificar, reduzir impostos para o Brasil crescer. É a reforma tributária. Primeiro, vamos pegar três, quatro, cinco impostos e fundir em um só. Vai chamar Imposto Único Federal”, disse Guedes que não detalhou quais seriam os impostos unificados.

Mais da metade das vagas do Mais Médicos no Ceará está ociosa

O Programa Mais Médicos, no Ceará, está na UTI. Essa é a avaliação de secretários de Saúde de alguns municípios do Estado. O Ceará oferece 1.700 vagas para cadastrados no projeto, mas 960 delas estão ociosas (56,4%). O edital de substituição dos médicos cubanos ofereceu 560 vagas, contudo somente 50 foram preenchidas. Outras 450 precisam de reposição devido ao fim do contrato com os profissionais médicos, que ainda aguardam edital de substituição há um ano e meio.
Os números são do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems). "Vários médicos assinaram o contrato, mas quando chegam nas cidades só trabalham um dia, não gostam, vão embora", explicou a presidente do Cosems, Sayonara Moura. "Alguns entraram na Justiça para trabalharem em cidades maiores", acrescentou.
Os médicos cubanos saíram do programa há quatro meses. Sem assistência médica aos moradores das localidades mais isoladas do sertão, o quadro é considerado grave e preocupante pelo Cosems. "As famílias pobres estão sofrendo, sem assistência", pontuou Sayonara Moura. Ela disse que os números mudam a cada dia porque os médicos estão deixando o programa e não há reposição.
Lacuna
Quando não há médico na equipe do Programa Saúde da Família (PSF), os recursos deixam de ser repassados aos municípios pelo Ministério da Saúde (MS) e o grupo de profissionais é desfeito. "É uma situação grave que vejo com muita tristeza e preocupação. Até agora, não há resposta concreta, prazo, decisão do Ministério da Saúde", observa a presidente do Cosems.
Por esses motivos, o drama aumenta a cada dia no interior. Banabuiú, no Centro do Estado, é um exemplo. O município conta com dois médicos do Programa, que atendem duas comunidades rurais, mas outras seis estão descobertas. Segundo a secretária da Saúde do Município, Rianna Nobre, os clínicos gerais brasileiros abandonaram os postos quando o Governo abriu edital do projeto para bolsistas. Com vantagens de isenção do Imposto de Renda e ajuda de custo adicional, além de outros benefícios, migraram para outras cidades.
"Não é todo médico que entende as nossas carências. Os estrangeiros, os cubanos, trabalham com a alma e com o coração. Não são apegados às riquezas materiais. Vivem uma vida simples e acolhem seus pacientes como amigos", ressaltou Rianna Nobre.
Em janeiro passado, o Ministério da Saúde justificou a necessidade de lançar o edital para substituição dos médicos cubanos, com o fim do contrato com o Governo Federal, por iniciativa do Governo de Cuba, no Programa Mais Médicos. Houve uma reunião com o Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e representantes do Ministério da Saúde, os quais priorizam o edital de substituição, que foi então pactuado.
Promessa
Havia, porém, compromisso de lançar o edital de reposição para os profissionais de saúde que têm contrato de dois anos com o Programa. "A necessidade de repor as vagas já vem se arrastando há mais de um ano e meio", explicou Sayonara Moura. "Pelo menos 147 municípios no Ceará enfrentam vagas ociosas de médicos do programa", completou.
A presidente do Cosems disse haver idosos acamados e outros doentes no interior precisando de uma visita, assistência médica. "Os municípios estão sofrendo. O Ministério da Saúde disse que iria fazer uma auditoria no programa, criar uma nova secretaria de atenção básica, definir um novo modelo, mas até agora nada de concreto ocorreu", acrescentou.
Para Sayonara Moura, nada impede que ocorra a auditoria e, em seguida, o edital de reposição. "Cerca de dois mil médicos cubanos ficaram no Brasil e estão desempregados, passando fome, e o Ministério da Saúde poderia conceder um registro provisório até que eles façam a prova do revalida e assim poderiam preencher as vagas ociosas", defendeu.
O secretário da Saúde de Iguatu, Rafael Rufino, observou que o tempo está passando e nada até agora foi resolvido. "Enfrentamos incertezas, indefinições sobre o Mais Médicos", pontuou. "O Conselho Federal disse que havia médicos para substituir os cubanos, mas onde estão estes profissionais?", questionou o secretário do Município.
O presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), Nilson Diniz, defendeu a abertura dos editais de substituição e reposição, além de um diálogo entre o Ministério da Saúde e as gestões municipais que enfrentam dificuldades mediante a falta de médicos. "As áreas mais distantes, remotas são as mais afetadas", observou o gestor. "Esse problema precisa ser enfrentado com diálogo, com competência e rapidamente".
Com informações do Diário do Nordeste.

'Uma pessoa que sabe ler e escrever não vota no PT', diz novo ministro da Educação

O novo ministro da Educação, o economista Abraham Weintraub, concedeu entrevista ao jornal Estado de S.Paulo, no qual afirmou que ‘ficará vigilante’ com ‘tudo que sair’ da pasta — desde livros didáticos até a material de divulgação — e estará atento ao que chama de ‘sabotagens’.

Durante a entrevista, o novo ministro afirmou que seu nome surgiu para o presidente Jair Bolsonaro surgiu na viagem para Israel. Questionado se sua indicação era uma vitória do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), Weintraub afirmou que ele ‘se assustou’ ao receber a notícia.

Ainda sobre sua indicação, comentou a influência do filósofo Olavo de Carvalho. Para o ministro, o governo de Bolsonaro ‘é uma bandeira’ e ‘atrás dessa bandeira, há vários grupos: monarquistas, militares, evangélicos, liberais e olavistas’.

“Não estou nesse grupo [olavistas], mas gosto de muitas ideias dele. São disruptivas, ideias novas e criativas e com grau de acerto para entender a realidade. Ele é um cara muito inteligente. Falar que ele não tem papel grande na mudança de pensamento que houve no Brasil é uma loucura. Foi um cara que influenciou muito. Ele tem ótimas ideias, mas não concordo com tudo.”, afirmou na entrevista.

Bolsa Família e problema de disciplina nas escolas

O ministro comentou em sua entrevista sobre o programa do governo, que fala do problema de disciplina nas escolas. Afirmou que não tomará medidas no curto prazo, mas cogitou que seja retirado o recurso do Bolsa Família dos familiares do aluno envolvido em qualquer tipo de problema com agressão.

“No curto prazo, não faremos nada nesse aspecto. Mas sou a favor de seguir a lei. Se o aluno agride, o professor tem de fazer boletim de ocorrência. Chama a polícia, os pais vão ser processados e, no limite, tem que tirar o Bolsa Família dos pais e até a tutela do filho. 

A gente não tem que inventar a roda. Tem que cumprir a Constituição e as leis ou caminhamos para a barbárie. Hoje há muito o ‘deixa disso’, coitado’. O coitado está agredindo o professor. Tem que registrar, o pai tem que ser punido. Se não corrigir, tira a tutela da criança”, disse Weintraub

Combate ao “marxismo cultural” e ao PT

O novo ministro defende também que seja combatido o que ele chama de ‘marxismo cultural’. Questionado sobre pelo Estadão, Weintraub fez questão de afirmar que, no curto prazo, seu plano é tomar cuidado com tudo que vai sair do MEC. Afirmou, também, que sua ida para a pasta não trata de ‘caçar o comunismo’.

No curto prazo, tomando cuidado com tudo o que vai sair do MEC, como livros didáticos. Vou te dar um exemplo que está bem documentado: quando chegamos aqui na Casa Civil começamos a dialogar com os caminhoneiros. Lá pelas tantas, dois infiltrados soltaram um comunicado dizendo que caminhoneiro era sem vergonha. Era sabotagem. Eles foram desligados. Ainda tem gente que vai sabotar. Estamos preocupados com vazamentos, com sabotagens. Mas não estou indo lá caçar ninguém. Não sou caçador de comunistas. Não gosto do comunismo, mas aceito o comunista. Quero a redenção dele”, afirmou o ministro.

O novo ministro também falou sobre o PT, partido que ficou 13 anos no poder, entre 2003 e 2016. Para ele, que em palestra recente afirmou temer pela volta do PT ao poder, a estratégia de impedir que o partido faça esse movimento passa pela Educação.

“Uma pessoa que sabe ler e escrever e tem acesso à internet não vota no PT.  A matemática é inimiga do obscurantismo. Eu não sou contra o petista. Tenho amigos que são petistas. Pessoas boas que não conseguem se livrar”, afirma. “Mais do que termos um livro que diga a história, precisamos de uma versão que considero mais correta. Porque houve uma desconstrução da história do Brasil. A gente teve grandes heróis. Esse “nunca antes na história do Brasil” é muito nefasto. A gente teve figuras fantásticas. O Brasil é um dos poucos países do mundo em que você não teve “founding fathers”, mas “founding mothers”: Anita Garibaldi, Princesa Isabel, Dona Leopoldina. Você teve figuras como Jose Bonifácio, irmãos Rebouças”.

terça-feira, 9 de abril de 2019

Abraham Weintraub: conheça o novo ministro da Educação

O novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, era secretário-executivo da Casa Civil e faz parte do Governo Bolsonaro desde o período de transição, quando foi responsável pela área de Previdência junto o irmão, Arthur Weintraun. O novo titular do MEC foi indicado pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e passou a ser o braço-direito dele na Pasta.

Abraham Weintraub é professor da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), mestre em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e MBA internacional do OneMBA, pelas escolas: FGV/Brasil, CUHK/China, RSM/Holanda, UNC/USA e TEC/México. Ele é graduado em Economia pela Universidade de São Paulo (USP).

Foi executivo do mercado financeiro, com mais de vinte anos de experiência, tendo atuado como Sócio na Quest Investimentos, Diretor Estatutário do Banco Votorantim, CEO da Votorantim Corretora no Brasil e da Votorantim Securities no Estados Unidos e na Inglaterra, além de ter sido economista chefe por mais de dez anos. 

Foi membro do comitê de Trading da BM&FBovespa; conselheiro eleito da ANCORD; Membro do Comitê de Macroeconomia da Andima; Representou o Votorantim nos encontros do FMI e do IDB. Atualmente também é o Diretor Executivo do CES (Centro de Estudos em Seguridade) e em 2016 coordenou a apresentação da proposta alternativa de reforma da previdência social formulada pelos professores da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).
Com informações do G1

Bolsonaro anuncia demissão de Ricardo Vélez

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta segunda-feira (8), através das redes sociais, a demissão de Ricardo Vélez Rodríguez. O ministério da Educação (MEC) passa a ser comandado pelo economista Abraham Weintraub.

Na última sexta-feira (5), Bolsonaro já havia anunciado a possível demissão de Vélez. "Está bastante claro de que não está dando certo. Ele é bacana e honesto, mas está faltando gestão, que é coisa importantíssima", disse o presidente na ocasião.

Ainda na sexta-feira, ao saber das declarações de Bolsonaro, Ricardo Vélez afirmou que não entregaria o cargo.

No anúncio desta segunda, o presidente agradeceu Vélez "pelos serviços prestados".

O colombiano naturalizado brasileiro enfrentava problemas desde o início de sua gestão e a crise foi agravada nas últimas semanas. Pelo menos 14 funcionários foram demitidos de cargos importantes no ministério.

No lugar de Vélez, o MEC passa a ser comandado por Abraham Weintraub. O economista fez parte da equipe de transição do novo governo e, desde a posse, trabalhava na secretaria executiva da Casa Civil, sob o comando do atual chefe da pasta, Onyx Lorenzoni.

Prestes a completar 100 dias, Ricardo Vélez é o segundo ministro a cair no governo Bolsonaro. Gustavo Bebianno deixou a Secretaria-Geral da Presidência no dia 18 de fevereiro após ser alvo suspeitas de irregularidades em campanhas do PSL e envolvido em rusgas com um dos filhos do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ).