quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Após virar motorista de Uber, Iran Malfitano recebe ajuda e volta para a TV


O ator Iran Malfitano voltou aos estúdios de televisão nesta última segunda-feira (16). O convite surgiu após a notícia de que ele estava trabalhando como motorista de aplicativo, no Rio de Janeiro, para complementar a renda da família.

A convite do humorista Tom Cavalcante, o ator gravou uma participação no “Multishow” para atuar na série “Dra. Darci”. Nas redes sociais, Iran comemorou a oportunidade.

“Dia de gravar uma participação no Dra. Darci – no Multishow! Obrigado, Tom Cavalcante, pena que foi rápido, mas me diverti muito”, escreveu.

Bolsonaro sanciona lei que penaliza agressor de mulheres

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta terça-feira (17), o Projeto de Lei 2.438/19 que prevê a responsabilidade do agressor de mulheres a ressarcir os custos dos serviços de saúde prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em situações relacionadas às vítimas de violência doméstica e familiar.

Segundo o texto aprovado, o agressor que, por ação ou omissão, causar lesão, violência física, sexual ou psicológica e dano moral ou patrimonial à mulher será obrigado a custear todos os danos causados, inclusive os custos dos serviços de saúde prestados pelo SUS para o total tratamento das vítimas.

"Ademais, por meio desta medida busca-se reforçar a legislação e as políticas públicas que visam coibir a violência contra as mulheres e, consequentemente, garantir a proteção à família", disse, em nota, o Palácio do Planalto. Não há detalhes de como o ressarcimento será feito. A medida entrará em vigor em 45 dias.

Amamentação em concursos

Bolsonaro sancionou ainda, sem vetos, o Projeto de Lei nº 3.220, de 2015, que estabelece o direito de as mães amamentarem seus filhos de até 6 meses de idade durante a realização de provas de concursos públicos na administração pública direta e indireta da União.

De acordo com o texto, a mãe poderá amamentar cada filho pelo período de trinta minutos a cada duas horas e o tempo utilizado na amamentação será compensado durante a realização da prova. Para garantir o direito, a mãe deve fazer uma solicitação prévia à instituição organizadora do concurso.

"O estabelecimento do direito de as mães amamentarem seus filhos durante a realização de concursos públicos da União vai ao encontro das melhores práticas relativas à amamentação, já que preserva uma relação essencial entre mãe e filho, garantindo ao mesmo tempo a igualdade de oportunidades no concurso", justifica o Planalto. 

Com informações do Diário do Nordeste.

Em Fortaleza, Funcionário furta mala com meio milhão, foge em bicicleta e é preso após gastar R$ 380 mil

Um funcionário de uma empresa foi preso na tarde de segunda-feira (16), em Fortaleza, após furtar uma mala com R$ 500 mil de dentro do estabelecimento em que trabalhava e gastar quase todo o dinheiro. O auxiliar de serviços gerais fugiu com a mala em uma bicicleta após o crime e foi preso 30 dias depois, quando já havia feito gastos de R$ 380 mil. 

Segundo o delegado Adriano Félix, titular do 19º Distrito Policial, a polícia chegou até o suspeito após o dono do estabelecimento denunciar o crime. Após o furto, o suspeito comprou uma casa, um carro, uma motocicleta e eletrodomésticos que foram apreendidos pela polícia na casa do suspeito e encheram um caminhão. No local, a polícia também encontrou R$ 120 mil enterrados debaixo do piso da casa.
Investigação

A polícia começou a investigar o auxiliar de serviços gerais após o dono da empresa desconfiar dos bens que foram adquiridos por ele, já que o salário que ele recebia na empresa era inferior ao valor que ele gastou em 30 dias.

O suspeito, cuja identidade não foi revelada, foi conduzido para o 19º Distrito Policial após confessar o crime. Ele vai responder por furto.

Com informações do Diário do Nordeste.

Bolsonaro sanciona projeto que regulamenta a prática da vaquejada

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta terça-feira (17), o Projeto de Lei que regulamenta a prática da vaquejada.

O projeto é resultado da Emenda Constitucional 96, que reconheceu a vaquejada como bem imaterial do patrimônio cultural brasileiro, determinando a regulamentação da prática por lei específica, que assegure o bem-estar dos animais.

“Estão rindo das ameaças”, desabafa Felipe Neto sobre tirar mãe do Brasil

Crédito: Reprodução/Instagram
O youtuber Felipe Neto utilizou o Twitter nesta terça-feira (16) para desabafar sobre as reações que tem vidos dos eleitores do presidente Jair Bolsonaro. Entre as postagens, ele falou sobre as ameaças recebidas pela mãe.

“A podridão dos bolsonaristas é tão imensa que estão alegando que minha mãe mora fora do Brasil desde 2017, porque eu e Luccas demos uma casa pra ela em Portugal. É uma imundície sem fim. A casa sempre foi para ela passar férias e ter um imóvel lá. Ela nunca foi morar nessa casa”, escreveu o youtuber.

“Ela tinha acabado de ganhar uma mansão aqui no RJ para morar ainda mais perto de nós, quando as ameaças vieram e ela teve que sair do Brasil. 

E os minions doentios, ao invés de mostrarem UM PINGO de compaixão, estão debochando, rindo e concordando com as ameaças”, completou ele.

ACOPIARA: COMEÇA A SER PAGO O GARANTIA SAFRA 2017/2018

Honrando o compromisso com os agricultores acopiarenses beneficiários do Programa Seguro-Safra 2017-2018, a Prefeitura de Acopiara, através da secretaria da Agricultura, informa que o pagamento do Seguro já foi liberado e começa a ser pago a partir de hoje, terça,17, de acordo com o calendário final do NIS. Mais de três mil agricultores acopiarenses receberão o valor R$ 850,00, dividido em 05 parcelas de R$ 170,00.

Além de Acopiara, mais 8 municípios também foram beneficiados, são eles: Altaneira, Araripe, Assaré, Boa Viagem, Campos Sales, Cariré, Catarina e Crateús.

Seleção brasileira fará amistosos contra Senegal e Nigéria

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou que a seleção brasileira fará amistosos contra duas seleções africanas em outubro. A convocação de Tite para as partidas, contra Senegal e Nigéria, acontecerá na próxima sexta-feira (20), a partir das 10h30. O evento acontecerá na sede da CBF e também contará com a divulgação dos convocados para partidas da Seleção Olímpica.

Os amistosos serão disputados nos dias 10 e 13 de outubro, em Cingapura. Ambas serão às 9h (de Brasília).

Depois que venceu a Copa América, o Brasil enfrentou Colômbia e Peru: empatou o primeiro jogo por 2 a 2 e perdeu o segundo por 1 a 0, ambos nos Estados Unidos.

As Eliminatórias para a Copa do Mundo do Qatar começam em março de 2020.

1° Corrida de Rua da Terra Do Lavrador!


A Prefeitura de Acopiara, através da Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude realizará na próxima quinta-feira, 26 de setembro a 1° Corrida de Rua da Terra Do Lavrador! O evento faz parte da programação da semana do município, e tem o objetivo de tornar essa corrida tradicional em Acopiara. Será às 18h, com saída do Arco Da Santa e chegada no Pólo De Lazer Acopiara, em breve publicaremos o percurso completo.

Para se inscrever basta levar um quilo de alimento não perecível e preencher a ficha de inscrição. As inscrições poderão ser feitas tanto na sede da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude, das 8h as 14h, como também na Biblioteca Henrique Gurgel Valente , das 8h as 18h.

Observações:

*Para participar, é necessário ter pelo menos 14 anos.
*No ato de inscrição é preciso está com o RG em mãos.
*Os menores de idade, obrigatoriamente devem está acompanhados de um responsável legal para realizar a inscrição!

Prefeito Antonio Almeida Neto
Vice-Prefeita Ana Patricia Barbosa
Secretário Dário de Sousa

Arrependido de ter casado, homem tenta incendiar cartório para anular casamento

Marcelo Venâncio da Silva, 27, é suspeito de tentar pôr fogo em um cartório de Ouro Branco, Alagoas, na manhã da quinta-feira, 12, após ter se arrependido do casamento civil celebrado no estabelecimento. Segundo a Polícia, o sujeito está preso no Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), onde aguarda audiência de custódia.

O homem teria invadido o cartório no sertão alagoano com uma garrafa de álcool e isqueiro. Lá, tentou incendiar os móveis do local com objetivo de queimar os papéis do casamento. Segundo o portal UOL, testemunhas afirmaram que, inicialmente, ele pediu ao cartório os documentos da união e afirmou que queria cancelar. Com a recusa do atendimento, abriu a garrafa de álcool e tentou acionar o isqueiro, mas foi impedido por funcionários.

Diante do impedimento, Marcelo conseguiu roubar um estabilizador e fugiu. A Polícia Militar foi acionada e interceptou o homem algumas ruas depois. Cercado, quebrou o estabilizador e tentou agredir os policiais. Ele foi detido e levado para a CISP. Familiares afirmaram que Marcelo sofre de transtornos psicológicos e, na semana anterior, teria até tentado desenterrar o corpo da mãe no cemitério. O nome da esposa e a data do casamento não foram divulgados.

Combustível pode sofrer aumento de até 8% nos próximos dias

Após os ataques à refinaria Aramco, na Arábia Saudita, no último sábado (14), o preço do barril de petróleo Brent no mercado internacional sofreu elevação de 19,5% ontem (16) – a maior alta diária registrada desde 1991, quando começou a Guerra do Golfo – atingindo US$ 71,95 (R$ 293,63). Os consumidores brasileiros poderão sofrer com aumento de até 8% no valor dos combustíveis, segundo estima o consultor de petróleo e gás, Bruno Iughetti. Já nas refinarias brasileiras, a elevação de preços pode chegar a até 10%.

Apesar da disparada do preço do barril, a Petrobras não deverá repassar imediatamente os aumentos para o consumidor brasileiro. A estatal vai avaliar o comportamento do preço do petróleo nos próximos dias para depois decidir se irá revisar os preços dos combustíveis no Brasil. Na prática, significa que, por ora, a petroleira vai segurar os preços dos combustíveis.

Ainda assim, Iughetti destaca que a disparada deve refletir sobres preços dos combustíveis, uma vez que a Petrobras “não poderá suportar por tanto tempo” a medida. Ele lembra que a refinaria atacada é responsável pela produção de cerca de 6% de todo o petróleo produzido no mundo.

“Com certeza, os derivados no Brasil sofrerão com essa alta. Até porque uma das variáveis utilizadas pela Petrobras no reajuste dos valores praticados nas refinarias é o preço do barril de petróleo”, explica. Além do combustível fóssil, a estatal também leva em consideração a cotação do dólar, que fechou ontem em alta de 0,05%, a R$ 4,08.

Apesar da iminente elevação no valor dos combustíveis, Iughetti ressalta que tudo vai depender do que irá acontecer nos próximos dias, uma vez que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que irá abrir mão de suas reservas estratégicas para que o efeito nas preços finais não sejam tão drásticos.

“Esperamos que as declarações de Trump surjam o efeito esperado”, torce o consultor. Para tentar minimizar os efeitos, a Petrobras anunciou que vai segurar o preço da gasolina até que haja estabilidade nos valores dos barris de petróleo.

Inflação
O consultor de energia, Expedito Parente Júnior, aponta que a volatilidade do preço do petróleo pode ser um fator inflacionário no Brasil. Ele explica que o custo com transporte pode gerar um consequente aumento no preço dos produtos finais para o consumidor.

Arma de fogo é apreendida pelo Raio na zona rural de Acopiara

O suspeito de 48 anos ao avistar os policiais largou a arma e adentrou no matagal conseguindo se evadir.

 A arma, uma espingarda calibre 22 com duas munições deflagradas foi encaminhada a Delegacia e apresentada a autoridade competente.

Detento passa mal e morre no Presidio de Acopiara



No inicio da manhã desta sexta-feira 13, um detento veio a óbito dentro de uma das celas do Presidio de Acopiara.


Segundo informações da Policia Militar, o detento Mario Galvão de Freitas, 46 anos, havia dado entrada na unidade prisional no dia de ontem. Morador da zona rural de Pedra Branca, o mesmo estava preso após procedimento na Delegacia de Senador Pompeu, por infração na Lei Maria da Penha.


O detento chegou a ser levado durante a madrugada ao Hospital de Acopiara, onde foi diagnosticado com a glicemia muito baixa, foi medicado e liberado a retornar o presidio. Já na manhã de hoje a vítima passou mal e antes mesmo de ser socorrido veio a óbito. O Rabecão foi acionado e removeu o corpo ao IML Iguatu.

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Wesley Safadão e Thyane Dantas aproveitam momentos juntos em Portugal

Wesley Safadão e Thyane Dantas aproveitaram os pontos turísticos de Portugal na última semana e compartilharam algumas imagens juntos no Instagram. O casal, que fez passagem por Cascais, município localizado na área metropolitana de Lisboa, aproveitou o tempo livre pelo país por conta do show do cantor no Villa Mix Lisboa, realizado nos dias 13 e 14 de setembro.

A apresentação de Wesley aconteceu na sexta-feira (13), no primeiro dia do festival. Antes do show, Thyane compartilhou imagens em uma vinícola do Douro, nas proximidades de Porto. Sem os filhos, os dois também fizeram postagens de momentos no mercado de Lisboa. "Eu e Ela!", escreveu Safadão em um post com uma galeria de imagens.

De volta ao Brasil, o artista já compareceu em evento na cidade de São José dos Campos, em São Paulo, e segue com a agenda programa pelo resto do país.

"Fui vítima da depressão enquanto falava sobre qualidade de vida para milhões de pessoas"

Flamengo segue líder com bom futebol e vitória justa sobre o Santos

Gabriel comemora o golaço da vitória de 1 a 0 sobre o Santos. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
Flamengo e Santos fizeram um jogo muito bom, conforme o esperado, no Maracanã. A vitória rubro-negra por 1 a 0 foi justa pela qualidade de Gabriel Barbosa, num lance individual de grande categoria, batendo por cima de Éverson. Até o gol sair, o confronto era bem equilibrado, com muita competitividade e tentativas de boas jogadas.

Quando o Flamengo ficou em vantagem, claro que ficou mais fácil para administrar o resultado, contando com a inteligência dos atletas para marcar e tocar a bola, sem perder a intensidade e a busca pelo gol. Por isso, os três pontos foram corretos para a equipe carioca. O meio-campo mais uma vez foi um setor de ajuste e qualidade para o Flamengo vencer. Éverton Ribeiro foi o melhor em campo, apresentando bom futebol muita entrega, algo que não foi visto em 2018.

Com 42 pontos, o Flamengo virou favorito para conquistar o Brasileiro. Jorge Jesus encaixou o elenco e está conseguindo manter a consistência, dentro e fora de casa. Se não é possível jogar bem em todas as partidas, é possível ter um nome para decidir, como foi com Gabriel Barbosa neste sábado.

Ao Santos, resta continuar disputando a competição com todo o comprometimento já mostrado. Sampaoli pode ser mais simplista e escalar cada um na sua posição. A falta de um centroavante mais eficiente, está impedindo um crescimento maior da equipe. Ainda acho que o Santos é candidato ao título, apesar da distância ter ficado maior para o Flamengo e ter sido ultrapassado pelo Palmeiras.

Senhora dá bronca em Luciano Huck e faz sucesso nas redes

Foto: Reprodução/TV Globo
Quem assistiu “Caldeirão do Huck” neste sábado (14), com certeza deu boas risadas com Selma Morais, ou Dona Selma, como o apresentador a chamou.

De Sobral, no interior do Ceará, a nordestina participou do quadro “Quem Quer ser um Milionário”, e encantou os telespectadores que ficaram incrédulos ao ver a senhora dando uma bronca em Luciano Huck e na produção do programa.

"Rapaz, não botaram água para mim, por quê? Porque o copo já está pelo meio, então pensei que alguém tivesse bebido", disse, ao pensar que o copo tinha sido consumido pelo candidato anterior.

Luciano caiu na risada e a serviu com mais água, mas ainda insatisfeita, Dona Selma reclamou mais uma vez ao notar que o apresentador bebia água de coco e ela, água normal. "Por que colocam para mim água pobre e para você água rica?", brincou.

Huck então pediu um copo da bebida para a cearense, que garantiu R$10 mil em sua participação no jogo, mas voltará ao programa no próximo sábado para continuar jogando.

Nem precisamos te dizer que a internet adorou a interação, né.

Solange Almeida posa de biquíni e diz que marido ajudou a se aceitar: "Eu me cobrava muito"

Solange Almeida e o marido, Leandro Andriani. Foto: reprodução/Instagram/solangealmeida
Com a autoestima em dia, Solange Almeida inspirou outras mulheres ao publicar uma foto sua, sem retoques, em que aparece de biquíni. E ainda mais ao afirmar que aprendeu a se aceitar como é. No processo, ela contou com o apoio do marido, Leandro Andriani.

“Perfeições já não enganam e não são tão essenciais. Ela se tornou a paz que precisava ser. A luz forte que precisava ter”, escreveu a cantora de 45 anos, que curte uns dias de folga na paz de Serra de São Bento, no Rio Grande do Norte.

Além de ganhar elogios de celebridades como a cantora Maiara, da dupla com Maraisa, da apresentadora Adriana Bombom e do humorista Marcus Majella, a cantora de 45 anos ganhou o depoimento de uma seguidora. “Juro que você me inspirou e me tirou todo peso das costas diante tanta cobrança”, comentou a fã.

Solange, então, contou que aprendeu a lidar com as imperfeições. “Não se cobre tanto. Não somos perfeitos. Eu também me cobrava muito e meu marido me ajudou bastante nesse quesito. Ele dizia: 'amor, você é linda assim, desse jeito, amo cada detalhe'. E aí comecei a me aceitar. E te juro sou mais feliz assim”, afirmou.

“Mulher de verdade!”, elogiou uma admiradora. “Amo sua autenticidade!”, disse outra. “Perfeições... isso lá importa? O que importa é ser feliz”, observou uma terceira.

'Jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe', diz Michel Temer no Roda Viva


Em entrevista ao programa Roda Viva, o ex-presidente Michel Temer (MDB) afirmou que “jamais apoiou ou fez empenho pelo golpe” ao responder sobre as críticas recebidas durante o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), em 2016.
"Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe. Aliás, muito recentemente, o jornal Folha detectou um telefonema onde o ex-presidente Lula me deu, onde ele pleiteava e depois esteve comigo para trazer o PMDB para impedir o impedimento. E eu tentei, mas a esta altura, eu confesso, que a movimentação popular era tão grande e tão intensa que os partidos já estavam mais ou menos vocacionados para a ideia do impedimento", disse Temer.
A ligação citada por Temer foi divulgada pela Vaza Jato, publicada pelo jornal Folha de São Paulo em parceria com o site The Intercept Brasil, na qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva liga para Temer para tentar convencê-lo a ajudar a barrar o processo de impeachment de Dilma.

Na ocasião, foi oferecido à Lula o cargo de ministro chefe da Casa Civil. À época da divulgação, a tese elaborada era de que o cargo seria para que Lula se blindasse das acusações da Operação Lava Jato.

As mensagens privadas trocadas entre os procuradores da Lava Jato mostram que o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, divulgou apenas parte dos áudios interceptados pela Polícia Federal a partir de um grampo no ex-presidente petista.

Na entrevista ao programa da TV Cultura, Temer reforça que a movimentação de Lula estava atrelada à evitar o impedimento de Dilma.
“Depois ele [Lula] esteve comigo, no pavilhão das autoridades, conversando comigo sobre o impedimento. O fundamento básico dele foi tentar trazer o PMDB e outros partidos no sentido de negar a possibilidade de impedimento (...) Se ele fosse chefe da Casa Civil, é muito provável —ele tinha bom contato com o Congresso Nacional— que não se conseguiria fazer o impeachment. Disso não tenho dúvida”, disse Temer.

CONJUNTURA NACIONAL E BOLSONARO

Ao ser questionado sobre a conjuntura política do País e o que culminou na eleição do presidente Jair Bolsonaro (PSL), Temer afastou relação entre o impeachment de Dilma e vitória do ex-capitão.

“Eu não faço exatamente esta conexão [entre impeachment e eleição de Bolsonaro]. No Brasil, de tempos em tempos, as pessoas querem mudar tudo. Aconteceu na eleição do Lula, há mais de 15, 18 anos atras, aconteceu agora com o Bolsonaro. Houve uma onda para tentar mudar tudo que estava presente política e administrativamente”, argumentou.

Temer ainda descartou uma escalada de autoritarismo porque as instituições “funcionaram tranquilamente de 88 até essa data.”

“Não vejo como poderíamos, com uma imprensa livre que nós temos, com uma consciência democrática extraordinária que permeia a mentalidade de toda a classe política brasileira, e mais, que toma a conta do pensamento de todos os brasileiros, então não vejo como podemos caminhar para um sistema autoritário.”

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Bolsonaro terá alta hoje e viagem a Nova York é adiada

Internado desde o dia 8 de setembro para uma cirurgia de correção de uma hérnia, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) terá alta nesta segunda-feira, 16, informa o boletim do hospital Vila Nova Star, em São Paulo. A saída está programada para o período da tarde.

“O presidente continuará sua recuperação em domicílio, devendo seguir as orientações médicas relacionadas a dieta e atividade física, sob supervisão conjunta da equipe médica do Dr. Antônio Macedo [responsável pelo procedimento] e da equipe da Presidência da República”, diz a nota.

Segundo o porta-voz Otávio Rêgo Barros, apesar da alta, o vice Hamilton Mourão segue no exercício da presidência até quarta-feira. Por recomendação dos médicos, Bolsonaro deverá dedicar-se nos próximos dias apenas à sua recuperação, que inclui sessões de fisioterapia.

Rêgo Barros também afirmou que a viagem para Nova York, onde Bolsonaro discursará na Assembleia Geral da ONU, foi adiado em um dia — originalmente, ele embarcaria em 22 de setembro. O discurso do presidente na abertura do evento está marcado para o dia 24 de setembro.

Desde domingo, 16, Bolsonaro passou a receber um menor volume de dieta parenteral (alimentação líquida pela veia). A previsão inicial era de alta na semana passada e o hospital chegou a montar uma estrutura para atender o presidente caso ele voltasse às suas funções de dentro do estabelecimento.

Bolsonaro foi submetido ao procedimento no dia 8 de setembro, em São Paulo, em decorrência da série de cirurgias pela qual passou após sofrer um atentado a faca durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG), em 6 de setembro do ano passado. Esta foi a quarta cirurgia realizada no presidente e a expectativa inicial é que ele teria alta em até seis dias.

A guerra dos herdeiros de Tim Maia

Tim Maia experimentou uma inédita sensação de paternidade na primeira gestação de Geisa Gomes da Silva, grande amor de sua vida. No princípio dos anos 70, os dois mantinham um namoro cheio de idas e vindas. Numa das separações, Geisa engravidou de outro homem. Com ciúme doentio, o cantor contratou um detetive para ir atrás dela. Assim que soube que ela estava solteira de novo, mas esperando um filho, mandou um táxi levar Geisa do interior fluminense à casa dele, no Rio de Janeiro. Fazia questão de retomar o romance e cuidar do bebê.

Em 11 de março de 1974, enquanto realizava um show em São Paulo, o cantor recebeu uma ligação da mulher, que informava estar em trabalho de parto. Ele largou tudo, pegou um avião e chegou ao hospital em Botafogo trazendo sua banda a tiracolo. Fez um pedido ao obstetra: seria possível realizar uma apresentação no hospital assim que o bebê nascesse? O médico negou o estranho desejo — até porque já permitira a entrada de uísque e salgadinhos. 

“Foi uma festa”, afirma Geisa, 45 anos após o nascimento de seu primogênito, Márcio Leonardo Gomes Maia da Silva, conhecido como Leo Maia. Dez meses depois, no mesmo hospital, nasceria Carmelo Maia, filho dela e o único herdeiro de sangue de Tim Maia.

Morto em 1998, aos 55 anos, o pai do soul brasileiro não viveu para ver um espetáculo triste: Leo e Carmelo travam hoje uma guerra feroz por seu espólio. Carmelo, o filho biológico, não aceita dividir a herança paterna com Leo, o enteado. No papel e na lei, realmente, Carmelo é o único herdeiro legítimo do cantor. Apesar de ter sido criado como filho por Tim, Leo não possui registro oficial da adoção. Geisa, por falta de coragem, nunca teria conversado abertamente sobre a questão da paternidade com o cantor — cujo desprezo por assuntos burocráticos era notório. Mais de vinte anos depois, Carmelo usa isso contra Leo. A distância, a mãe assiste à rinha com comiseração. “Vejo essa briga com muita tristeza, porque eu amo os dois incondicionalmente”, diz.

Em 14 de agosto, Carmelo entrou com uma ação indenizatória contra Leo com o objetivo de “resguardar o patrimônio intelectual de Tim Maia contra o aproveitamento parasitário” do irmão. O processo, ao qual VEJA teve acesso com exclusividade, pede que Leo se abstenha de executar as músicas e usar o nome do pai no projeto Tim Maia for Kids, no qual entoa hits do cantor para crianças. Carmelo exige que Leo tire do ar a página do show, com 40 000 seguidores no Instagram. E requer multa de 100 000 reais a cada vez que a proibição for descumprida. Em decisão liminar, o juiz Théo Assuar Gragnano, da 12ª Vara Cível, deferiu a ação parcialmente. Leo teve de remover a página da internet e não pôde mais realizar o espetáculo.

O juiz, porém, autorizou Leo a continuar cantando músicas de Tim Maia, desde que não explore o nome e a imagem do artista — o que livrou de veto um show-tributo que ele faz ao lado de outros filhos de artistas mortos. Mas, na sexta-feira 6, Carmelo voltou à carga. Em novo pedido à Justiça, ele solicita que qualquer uso do nome e das músicas de Maia seja vedado ao irmão. “Não entendo por que o Carmelo está fazendo isso com o Leo”, diz a mãe. “Deixa o menino trabalhar.”

Imbróglios judiciais andam junto com a família Maia desde sempre. Quando o cantor morreu, os parentes herdaram mais de 500 processos que envolviam seu nome — na maioria, ele aparece como réu em ações de músicos que pediam direitos trabalhistas e compositores que reivindicavam direitos autorais. Maia deixou 3 milhões de reais em dívidas, mas também cinco imóveis no Rio de Janeiro — uma casa na Lagoa Rodrigo de Freitas, outra no Recreio dos Bandeirantes, dois apartamentos na Praia da Barra e uma cobertura na Tijuca.

Além dos bens materiais, está em jogo o controle sobre o repertório do artista e o uso do seu nome em projetos variados. Somente um musical de 2011 em homenagem a ele levou mais de 400 000 pessoas aos teatros. No Spotify o artista contabiliza 1,5 milhão de ouvintes mensais. Goste-­se ou não da sua obra, Tim Maia foi o arquiteto da soul music brasileira (confira o quadro) e conquistou com justiça um lugar no panteão dos grandes artistas do país. No fim da vida, porém, tornou-se a figura errática que cambaleava no palco, reclamava sem parar da equalização do som (“Mais retorno!”) e cancelava um show atrás do outro.

Tão logo o brigão saiu de cena, Carmelo assumiu seu lugar como causador de barulho. Ele se envolveu numa pendenga na Justiça com Adriana, ex-companheira do pai, em torno dos direitos da gravadora e da editora Seroma, de propriedade do artista. Carmelo saiu-se vencedor e, desde então, uma de suas missões consiste em apagar todo resquício de Adriana na vida do genitor. Na biografia Vale Tudo, de Nelson Motta, ela é identificada apenas como “secretária”. No musical de 2011 — cujos ensaios, aliás, Carmelo monitorou de perto —, Adriana virou ponta de luxo. Em algumas sessões, Izabella Bicalho, que vivia a última mulher do cantor, não se continha e soltava um “meu amor” abraçada ao ator Tiago Abravanel, que encarnava o protagonista.

O novo processo mostra que a briga é expressão de um rancor familiar fermentado há décadas. Tudo começou em 2000. Segundo Leo, nessa época, Carmelo entrou com uma ação de despejo para expulsá-lo da casa do pai no Recreio. “Eu não tinha onde ficar, tive de morar com minha namorada”, diz Leo. “Eu não o tirei de lá”, rebate Carmelo. Mas Geisa desmente o filho mais novo: “Leo não pôde entrar nem para pegar suas roupas”. Leo nutre outra mágoa de Carmelo: o irmão teria tentado impedi-­lo de cantar músicas de Maia no programa de Raul Gil, em 2008. Segundo ele, Carmelo teria ameaçado o próprio apresentador com um processo se isso ocorresse. Raul Gil Junior, o Raulzinho, filho e diretor de Gil, nega: “Leo é nosso amigo, pode cantar o que quiser”.

Pessoas que conhecem a família de perto dizem que Carmelo ressente-se de ter sido criado pela avó e por uma tia. “Não sinto falta de meus pais, porque nunca os tive. Fiz trinta anos de terapia por causa disso”, diz. Sua raiva explodiu quando Leo obteve o direito de pôr o sobrenome Maia na certidão de nascimento. “O Tim Maia não é pai dele”, diz Carmelo. “Não nos falamos há vinte anos.” Completa Carmelo: “Família é bom só em porta-­retratos”.

É com retratos, por sinal, que Leo tenta provar que realmente era tido como filho pelo cantor. Seu trunfo é a foto da contracapa de um álbum de 1976 em que surge no colo de Maia — e no qual o soulman canta uma música para os dois filhos. Outras imagens de família mostram que os irmãos não só conviveram juntos por anos como também tinham uma boa relação — não para sempre, como se vê. “Carmelo foi minha sombra por mais de duas décadas. Ele sempre tentou me destruir por eu ter herdado o dom de cantar do meu pai. É inveja”, diz Leo. “Mas juro que, se o visse na minha frente agora, eu o perdoaria.” E arremata com um verso do pai. “Não quero dinheiro”, jura. Considerando-se a batalha em curso, a frase soa como uma ironia digna das melhores tiradas de Tim Maia.

Chorosa, Sandra Annenberg passa bastão a Maju e comove a internet

Sandra Annenberg pôs a internet abaixo ao despedir-se, nesta sexta-feira, 13, da bancada do Jornal Hoje. À frente do noticiário da Globo desde 2003, ela está de mudança para o Globo Repórter. Em uma data cercada de superstição, deu-se a passagem de bastão com outra colega que também precisará de sorte no “novo desafio”: a partir de agora, o Jornal Hoje será apresentado pela ex-moça do tempo Maju Coutinho. No final da edição, Sandra não conteve a emoção ao dar adeus ao público do programa.

“Eu tive o privilégio de ter sua companhia nos últimos 16 anos nessa bancada”, começou Sandra, dirigindo-se ao telespectador. “Diariamente, nos encontramos aqui, ao vivo e em cores, olho no olho. Eu espero ter conseguido levar a notícia até você da melhor maneira possível”, continuou a âncora com os olhos cheios de lágrimas.“Eu fiz o meu trabalho com toda a verdade, com toda a transparência e sentimento”, prosseguiu a apresentadora – e nesse momento sua voz começou a ficar embargada e seus olhos lacrimejarem. “Juntos, assistimos à história acontecendo e acompanhamos as transformações do nosso país e do mundo”, completou.

Ao terminar a despedida, a jornalista fez a troca “oficial” com a colega Maju Coutinho, que assumirá sozinha a bancada do jornal. “Que honra e responsabilidade ocupar o lugar que você ocupou com tanto profissionalismo, competência, amor”, afirmou Maju. “A gente sabe da sua paixão.”

Veja também
A saída de Sandra Annenberg do Jornal Hoje foi anunciada pela Globo no mês passado. Junto com Glória Maria, ela passará a apresentar o Globo Repórter no lugar do veterano Sérgio Chapelin, que irá se aposentar depois de 47 anos na emissora.

O comunicado oficial foi assinado pelo diretor-geral de Jornalismo da Globo, Ali Kamel. “Como substituir alguém como Sérgio Chapelin? Com duas das mais completas e consagradas jornalistas da televisão brasileira, Glória Maria e Sandra Annenberg”, escreveu ele à época.

Filho do cantor Benito Di Paula morre aos 36 anos

O cantor Benito Di Paula comunicou, neste domingo 15, o falecimento de seu filho André Vancellote Vellozo, de 36 anos. De acordo com as redes sociais do músico, Vellozzo morreu na sexta-feira, no Rio de Janeiro.

As causas da morte não foram divulgadas. No comunicado, Benito pediu privacidade à família.

 
Por conta do ocorrido, Benito remarcou show que seria realizado neste sábado 14 em Campo Grande (MS).

Com sucessos como “Retalhos de Cetim” e “Charlie Brown“, Benito Di Paula teve grande fama durante os anos 1970 e 1980. Segue com agenda de shows até hoje, aos 77 anos.

Novo galã da Globo já foi peixeiro e flanelinha

 (Raquel Cunha/TV Globo)
Na adolescência, o modelo e ator Jhona Burjack, de 23 anos, deu expediente como vendedor de peixes e flanelinha para ajudar nas contas de casa, em Brasília. Isso até ser descoberto por um agente artístico à procura de corpos e rostos bonitos.

No fim de setembro, virá uma nova conquista: ele estreia como ator no remake de Éramos Seis, a nova novela das 18 horas da Globo. Burjack está no auge — estampa as campanhas atuais das grifes Jean Paul Gaultier e Moschino, entre outras.

“Atuar era um sonho antigo, lá da infância, então quero me concentrar nisso”, diz o rapaz, anunciando que deixa temporariamente as passarelas. Ele já se mudou de Nova York para o Rio.

Publicado em VEJA de 18 de setembro de 2019, edição nº 2652

OUÇA OS PODCASTS DE VEJA

Já ouviu o podcast “Funcionário da Semana”, que conta a trajetória de autoridades brasileiras? Dê “play” abaixo para ouvir a história, os atos e as polêmicas do deputado federal Tiririca. Confira também os outros episódios aqui.